Pescadora de Caraguatatuba entra no reality “Largados e Pelados”

A pescadora residente em Caraguatatuba, Aline Caravaggio, de 41 anos, é uma das dez brasileiras selecionadas para a segunda temporada da versão brasileira do reality show “Largados e Pelados”, sucesso absoluto mundial no Discovery+.

A estreia é dia 12 de novembro e terá episódios semanais, tanto no canal de TV quanto no streaming. AdrenAline, como foi apelidada, promete muitas emoções, adrenalina e “situações extremas”.

A versão brasileira do reality de sobrevivência segue o formato do programa original, onde os participantes são selecionados dentre milhares de inscritos. Os escolhidos, que nem se conhecem, formarão duplas e devem colaborar entre si para conseguir sobreviver aos 21 dias nus na floresta.

Os participantes são deixados em uma região selvagem e hostil, neste caso, na Colômbia, expostos a intempéries do tempo, sem comida, sem água e sem roupas. A produção oferece ao grupo apenas um mapa, facas e panelas. Logo, é preciso explorar a região para conseguir abrigo e alimentos.

Aline Caravaggio

largados e peladosAline, que é mãe de dois filhos, motociclista, dona de um simpático hostel próximo ao mar, também é pescadora profissional da Marinha Mercante Brasileira. Tem afinidade com a pesca marítima e costuma colher mariscos e caçar caranguejos. Passa boa parte da vida na natureza, acampando, pescando e fazendo trilhas, por isso, sabe reconhecer plantas comestíveis, fazer ferramentas, abrigo e armadilhas. Segundo o programa, a Avaliação de Sobrevivência Primitiva dela é 6,5.

A pescadora, em entrevista exclusiva ao Nova Imprensa, contou que se inscreveu para o programa nas duas temporadas. “Desde que descobri o Largados e Pelados, fiquei fã e me via lá, participando”. Porém, não foi fácil para ela. “Mesmo conhecendo o formato, me deparei com situações inimagináveis, improváveis e imprevisíveis”, divertiu-se Aline, que definiu a experiência como extrema.

largados e pelados

Há 12 anos, a participante é guia florestal, formada pelo Parque Estadual da Serra do Mar (PESMAR), em Caraguatatuba. Além disso, tem formação em aquicultura, condutora embarcada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), em Alcatrazes e na Serra dos Aparados, em Santa Catarina.

“Há dois anos participo do Clube de Selva, onde praticamos técnicas primitivas executadas em um ambiente selvagem, chamadas de bushcraft. Também fiz cursos de primeiros socorros em áreas remotas”, completou a participante.

Crescer em Caraguatatuba, por exemplo, perto do mar e da Mata Atlântica, possibilitaram que Aline entenda de plantas comestíveis, animais peçonhentos, técnicas de pesca, bem como reconhecer e poder se precaver contra as intempéries do tempo.

O desafio Largados e Pelados e a maternidade

Entretanto, para a pescadora, mais do que cursos e vivência no mar e no mato, a vida de mãe solo a preparou para aceitar desafios sem medo. “Sou mãe solo de dois filhos maravilhosos e ter a responsabilidade de sustento e educação deles foi e é o meu maior desafio. Afinal, sempre achamos que estamos falhando, nunca é suficiente”, explicou Aline.

“Eu tenho um espírito livre e não me encaixo aos padrões da sociedade”, contou a participante, que já foi servidora pública e motogirl. “Precisei parar a faculdade de educação física por dificuldades financeiras, mas consegui outros cursos gratuitamente que preencheram meu currículo”, pontua ela.  “Sou resiliente e procuro me fortalecer com os desafios diários. Uma coisa que eu sempre digo é que o conhecimento ninguém nunca nos tira, a vida nos traz muitas experiências”.

“Passei muitos sustos, desde enchentes em casa, onde perdemos tudo, até aceitar trabalhos braçais para pagar as contas”, contou a participante. “Porém, eu sempre fui otimista, estou certa que tudo melhora quando me esforço. Além disso, ver o sorriso dos meus filhos e sentir o carinho deles me alimenta em relação as dificuldades, fico forte”, finaliza Aline.

One Reply to “Pescadora de Caraguatatuba entra no reality “Largados e Pelados””

  1. Conheço a Aline desde 2008 e ela é exatamente isso, batalhadora, corajosa, impetuosa, destemida e trabalhadora incansável, além dos desafios enquanto mãe e suas habilidades profissionais, carrega um entusiasmo e alegria de viver que nos contagia, um exemplo de mulher guerreira, de caráter, humildade e amor fraternal, ter amizade dela é literalmente um privilégio, admiro demais e torço muito pela sua prosperidade e sucesso em seus caminhos, dá-lhe AdrenAline!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *