Obras geram 630 empregos durante a pandemia em Caraguatatuba

“Na hora da contratação exigimos mão de obra local para todos os empreiteiros”, diz prefeito

0
197
empregos
São dezenas de obras públicas acontecendo na cidade (Fotos: PMC/ Divulgação)

Em meio a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), Caraguatatuba têm gerado 630 empregos diretos através de dezenas de obras públicas em execução. Os trabalhadores são contratados pelas empresas terceirizadas vencedoras das licitações.

- Publicidade -

Os empreendimentos são frutos de convênios assinados entre a municipalidade e governo federal e estadual. Este último por meio de convênios com o Departamento de Apoio e Desenvolvimento às Estâncias (Dade) e Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fehidro).

Obras que geram empregos

As verbas Dade são dos seguintes empreendimentos: Complexo Turístico do Camaroeiro, Revitalização Praça Diógenes Ribeiro de Lima (Praça do Artesão do Centro), Revitalização Praça Antônio Facchini (Praça do Artesão da Martim de Sá). Além da construção do canal extravasor do Britânia/Santamarina e a revitalização das trilhas de acesso a Pedra da Freira e Pedra do Jacaré.

Já as obras com recursos federais são: Centro de Rereferência de Assistência Social (CRAS) do Massaguaçu e pavimentação de ruas do município. Reforma das Unidades de Saúde do Casa Branca, Massaguaçu e Tinga também entram nesta verba.

“Estamos com a arrecadação comprometida. Mas, para aumentar o número de empregos na cidade colocamos todos os projetos com verbas estaduais e federais para nossa população poder trabalhar”, declara o prefeito Aguilar Junior. “Na hora da contratação exigimos mão de obra local para todos os empreiteiros”, acrescentou.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui