Com duas mortes por Covid-19, São Sebastião quer novo cemitério

Prefeito quer construir em área de 21.619,40 m² no Jaraguá

2
230
Área de interesse está localizada do lado direito (Foto: Divugação)
Área de interesse está localizada do lado direito (Foto: Divugação)

O prefeito de São Sebastião, Felipe Augusto, desapropriou uma área de 21.619,40 m² no bairro Jaraguá, na Costa Norte da cidade, para construir um cemitério. A justificativa é o novo coronavírus (Covid-19). Até nesta quinta-feira (14) o município tinha duas mortes confirmadas pela doença.

- Publicidade -

A área pertence à Belomar Incorporador e Imobiliária LTDA e fica na Rua José de Vasconcelos. Pelo decreto 7770, Augusto declara a área como sendo de necessidade pública para fins de desapropriação amigável ou judicial.

Em uma de suas lives, e chegou a comentar que a desapropriação teria custo zero porque a proprietária do imóvel teria uma grande dívida com o município em impostos, principalmente o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU).

Entretanto, o total da dívida não foi divulgado, apenas que o valor venal do terreno é estimado em R$ 126.131,13. A Prefeitura informou que o valor será apurado em regular perícia judicial, em ação própria.

A notícia pegou de surpresa moradores da região norte que entendem que o local poderia ser usado para outras atividades, como benefício para a comunidade do que um cemitério.

Muitos usaram as redes  sociais para dizerem não entender o motivo de se fazer um cemitério que precisaria de toda uma aprovação, quando tem uma área já aprovada no Varadouro.

Outro cemitério

O ex-prefeito Ernane Primazzi chegou a comentar que a área  de 94 mil metros quadrados está toda aprovada, inclusive com projetos para a construção de até 4 mil gavetas, três salas de velório, área administrativa,  capela ecumênica, banheiros, estacionamento e só não foi feito porque a autorização da Cetesb chegou no final do seu mandato.

“Já existe área para o cemitério, portanto, não há necessidade de gastar tempo e recursos”, disse e complementou: “só não fez porque não quis, pois deixei recursos pra fazer”.

Hoje o município conta com cinco cemitérios que possuem, juntos, 105 vagas, sendo 38 no Centro, 31 em Juquehy, 21 em Boiçucanga e 21 em Maresias, esses três últimos na Costa Sul.

2 COMENTÁRIOS

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui