OAB ganha terreno para instalar nova sede em São Sebastião

Entidade realiza cerca de 250 atendimentos mensais, como apoio jurídico e às vitimas de violência, cursos, palestras em escolas e outros

0
90
Felipe Augusto e representantes da OAB formalizam doação (Foto: PMSS/ Divulgação)

A Prefeitura de São Sebastião está destinando uma área localizada no bairro do Varadouro, na região central do município, para a construção e instalação da sede da 136ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

- Publicidade -

A entidade presta diversos trabalhos sociais como atendimento jurídico ao público e cursos abertos, que ainda estimulam a solidariedade, com a doação de alimentos para efetuar as inscrições. Atualmente, a OAB realiza cerca de 250 atendimentos mensais à população sebastianense.

A instituição desenvolve ainda diversos projetos, como o Tempo de Despertar, voltado à conscientização de agressores, e que tem como objetivo a ressocialização dos mesmos.

Em breve, a Ordem contará também com comissão permanente da Mulher Advogada na Casa PodeRosa, promovendo orientação jurídica às vítimas de violência doméstica.

A OAB conta com quase 20 comissões de trabalho sociais, algumas delas voltadas ao fortalecimento da cidadania. Como por exemplo, trabalhos focados nas pessoas portadoras de necessidades especiais, e do idoso.

Há ainda a Comissão OAB Vai a Escola, que promove palestras gratuitas, e a conscientização de jovens e crianças, debatendo diversas questões, como ética e cidadania nas unidades de ensino.

A doação do terreno está condicionada à construção da sede da instituição, pela própria OAB, em até 2 anos, além da contrapartida social.

Humanizar

A presidente da OAB em São Sebastião, Jaqueline Rodrigues Santana ressaltou o ganho nos serviços prestados a comunidade com uma sede própria e uma estrutura adequada da instituição. “Com a Casa dos Advogados queremos humanizar nosso atendimento às pessoas”, ressaltou.

Segundo ela, há reclamações de muitos que ficam sob sol e chuva enquanto aguardam atendimento no Fórum. “Às vezes existe um tempo excessivo de espera de idosos e pessoas com crianças, todos expostos a condições não adequadas”, destacou Jaqueline.

O prefeito Felipe Augusto observou que a área desafetada é próximo ao Fórum, e facilitará a população a ter um melhor atendimento. “É a ação da administração em favor do munícipe, que por razões diversas, precisa por vezes de apoio jurídico. Trabalhamos para beneficiar a população”, comentou.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui