Prefeito faz comício para governador e teme derrota na cidade: “Nós tamo lascado”

O prefeito Felipe Augusto, de São Sebastião, reuniu ocupantes de cargos comissionados da Prefeitura e familiares, na última quarta-feira (14), no galpão transformado em comitê de campanha, no bairro do Porto Grande. O evento tinha sido anunciado como “encontro com o Serra”, mas o candidato a deputado federal não compareceu.

Acabou sendo um comício sem candidatos no palanque. Coube ao prefeito pedir votos por eles e convocar seus nomeados para a reta final de campanha. “Tem que buscar voto no laço”, ordenou Felipe.

Preocupado com a votação do governador Rodrigo Garcia (PSDB) em São Sebastião, o prefeito declarou: “Se esse cara ganha a eleição e perde aqui, nós tamo lascado”.

Para defender a continuidade do próprio partido no poder, Felipe apelou para o ‘discurso do medo’. “Se trocar o governo, vai parar o estado por dois anos. Quem sentar na cadeira vai rever os contratos e mandar todo mundo da Sabesp embora”, alarmou ele, citando obras de saneamento na cidade.

O prefeito também reiterou o apoio ao ex-sogro Antonio Carlos (Republicanos), que concorre para deputado estadual. Mas cometeu um ato falho ao defender que “deputado estadual tem que ser da nossa cidade”. Antonio Carlos, como se sabe, é de Caraguatatuba.

Sem citar nomes, Felipe acusou candidatos de mentirem, “descaradamente”, sobre destinação de verbas para São Sebastião.

Sobrou também para inimigos políticos locais. Ao se gabar pelas vitórias nas duas últimas eleições municipais, o prefeito disparou: “Ganhamos de toda aquela velharia. Tem um que rebola pela cidade; tem outro que só fala groselha”.

Assista ao vídeo.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.