Tubarão-azul é flagrado na praia do Perequê, em Ilhabela

Um tubarão-azul, de aproximadamente 1,5 metro, encalhou na praia do Perequê, em Ilhabela, na manhã deste sábado (20). O animal foi devolvido ao mar por pessoas que testemunharam a “visita”. O caso foi reportado à Defesa Civil.

De acordo com o Instituto Argonauta, a espécie é comum na região, mas em locais de mar aberto, do outro lado da ilha. Segundo a equipe, o tubarão pode ter sido levado à praia por problemas de saúde ou por intervenção de atividade pesqueira. É uma espécie visada para pesca.

“Eles fazem parte da fauna marinha e felizmente, tivemos poucos incidentes envolvendo tubarões nos últimos 30 anos, apenas dois. É uma espécie que não ocorre na costa, é um tubarão de mar aberto. Ele encalhou devido às condições de saúde, ou devido a interação antrópica com arte de pesca. É uma espécie que precisa nadar para manter a respiração, o que também pode ter contribuído para o encalhe”, comentou Hugo Gallo, oceanólogo e presidente do Instituto Argonauta.

Tubarão-azul

O tubarão-azul pode medir até aproximadamente 4 metros de comprimento e viver até os 20
anos de idade. Os animais se alientam com mais frequência de lulas e peixes ósseos formadores de cardume. No entanto, também comem caranguejos, aves marinhas e carcaças de cetáceos. Podem realizar migrações de longas distâncias, já havendo registro de espécies marcadas nos Estados Unidos, sendo recapturadas na Espanha.

É uma espécie vulnerável, considerada “quase ameaçada” segundo a lista vermelha da União
Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN sigla em inglês). os tubarões sofrem pressão
pelo tipo de pesca de espinhel, ou seja, um aparelho que funciona de forma passiva, com a utilização de iscas para a atração dos peixes.

O Instituto Argonauta orienta para as pessoas não se aproximarem do animal como esse encalhado, pois ele, ao tentar se defender, pode morder alguém. O ideal é isolar a área e acionar o órgão ambiental responsável da região ou até mesmo o corpo de bombeiros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.