Dia Mundial da Conscientização do Autismo tem palestra, passeio e exposição

Comemorando o Dia Mundial da Conscientização do Autismo, instituído no dia 2 de abril, o Litoral Norte se mostra engajado com a causa. De exposição a passeios, o desejo dos organizadores é chamar a atenção para o autismo e desmistificá-lo. “Lugar de autista é onde ele quiser”, define André Vasques, autista, palestrante e presidente da Associação de Pais do Espectro Autista de Ubatuba (Apeau).

Programação em Ubatuba

Ubatuba recebe já nesta sexta-feira (1º), o evento Manifest’Art, com palestras e exposição de artes no Teatro Pedro Paulo Teixeira Pinto, às 19h. No local haverá exposição de autistas artistas, bem como palestra sobre o mercado de trabalho para o autista. Entre os convidados, André Vasques, Amanda Placoná, psicóloga especialista em autismo e Vanessa Ferreira Campos, dentista especialista em atendimento ao autista.

Além disso, está prevista uma mesa redonda com a presença da prefeita Flávia Pascoal, secretários municipais, vereadores e a Associação Comercial de Ubatuba (ACIU).

O Manifest’Art tem como tema “O Essencial é Invisível aos Olhos”. A diretora de eventos da Apeau, Gisele Vasques, explica que o objetivo da iniciativa é ampliar a divulgação e a conscientização da sociedade para as potencialidades da pessoa autista.

“Por meio da arte a humanidade encontra uma válvula de escape para a expressão do que se passa em seu interior. Todos nós temos uma história, seja ela individual ou coletiva, e podemos usar da ferramenta da representação artística para apresentarmos nossa realidade para o outro” explica Gisele.

“O evento tem o intuito de tocar o mundo típico com a visão atípica e particular das pessoas autistas. Suas necessidades, crenças, desejos e sonhos estarão expostas para que o mundo enxergue um pouco do amplo universo que cada autista vive”, conclui.

Para participar, é necessário inscrever-se, gratuitamente, no link.

Dia Mundial da Conscientização do Autismo

Passeio em Caraguatatuba

Em Caraguatatuba, está programado um ‘Passeio Solidário’, às 16h. A saída será ao lado do restaurante Guaruçá e seguirá em direção ao Centro, na Praça da Cultura.

O secretário dos Direitos da Pessoa com Deficiência e do Idoso (Sepedi), Amauri Toledo, disse que “a adesão ao Passeio Solidário pela Prefeitura de Caraguatatuba e por entidades da sociedade civil é importante para fortalecer a luta pelo conhecimento e contra o preconceito em relação à pessoa com Transtorno do Espectro Autista (TEA)”.

“O autismo não é uma síndrome com características físicas especificas, por essa razão precisamos que as pessoas tenham consciência que nem toda condição ou deficiência é visível. Nem toda ‘birra’ é falta de educação. É preciso ouvir, entender, compreender e considerar a pessoa autista na individualidade. Nosso lema é: o conhecimento combate o preconceito”, declarou a presidente da Associação dos Amigos do Autista (ADA), Bárbara Almeida, mãe de Maria Eduarda, de 20 anos, e Rafael, 10 anos, ambos autistas.

Este ano, a caminhada terá camisetas personalizadas, que estão sendo vendidas na associação por R$ 40 para quem puder contribuir. Os interessados em adquirir a camisa devem entrar em contato pelo telefone/whatsapp (12) 98181-2773. O valor arrecadado com as vendas será revertido para apoio às famílias assistidas pela ADA.

Legalização

No ano de 2020, foi sancionada a Lei nº 13.977, que institui a Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (Ciptea) no Brasil. A lei ficou conhecida como ‘Lei Romeo Mion’, em homenagem ao filho do apresentador Marcos Mion, que possui TEA.

Ano passado, foi criada a Ciptea municipal em Caraguatatuba, pela Lei 2.558/2021, de autoria do vereador Cristian Bota, baseada na Lei Federal.

O documento é emitido pela Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência e do Idoso (Sepedi), tem validade em todo território nacional e visa garantir atenção integral, pronto atendimento e prioridade no atendimento e no acesso aos serviços públicos e privados, em especial nas áreas de saúde, educação, assistência social, esporte e cultura.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.