Tamanduá-mirim aparece em quintal de residência

Um tamanduá-mirim apareceu no quintal de uma residência neste domingo (2), no bairro Casa Branca, no município de Caraguatatuba. O animal silvestre foi resgatado pela Ambiental.

Segundo a equipe, o resgate utilizou técnicas de manejo e captura de animais. O tamanduá-mirim não estava ferido e por sua boa saúde pode voltar à natureza.

Tamanduá-mirim

tamanduá-mirimO animal silvestre é considerado um mamífero de porte médio. Seu corpo varia entre 47 e 77 cm, com uma cauda de 40 a 68 cm e o peso em torno de 7 kg. Eles também possuem focinho alongado e tubular e não tem dentes. Sua língua longa e extensível é própria para alimentação, onde capturam formigas assim como cupins, com auxílio de sua saliva pegajosa.

São animais solitários, mas formam casais por breves períodos durante a época de acasalamento.

Sua reprodução geralmente ocorre no outono, onde as fêmeas emitem uma vocalização característica ao crepúsculo, quando estão no cio. A gestação varia entre 130 e 190 dias, mas dá origem a apenas um filhote por vez.

Embora não conste na lista oficial de animais ameaçados de extinção no Brasil, o tamanduá-mirim já desapareceu em diversas regiões. Além de ser vitima em rodovias, a caça, o ataque de cães domésticos e, principalmente a destruição de habitats, bem como os incêndios florestais estão entre as principais ameaças à espécie.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.