São Sebastião reabre escolas municipais após 506 dias com rodízio semanal

Prefeito e Secretaria de Educação publicam informações divergentes sobre ensino remoto

0
61
fappornvideos.com www.xxnx.sex phimtube
Alunos dever ir para escola uma semana sim outra não (Foto: Helton Romano/ NI)
- Publicidade -

As escolas municipais de São Sebastião reabriram nesta segunda-feira (2), depois de 506 dias sem aulas presenciais. A cidade era a única da região que ainda mantinha o ensino remoto.

- Publicidade -

Os alunos foram divididos em dois grupos, que inicialmente fariam um revezamento diário, conforme previsto no plano de retomada da Secretaria de Educação. Mas, na última semana, a Seduc mudou de ideia e definiu que o rodízio será semanal. Desse modo, os alunos que tiverem aulas nesta semana, não irão às escolas na próxima. O retorno é opcional.

O prefeito Felipe Augusto divulgou um vídeo dizendo que “as aulas online vão continuar”. Já a Seduc informa que os alunos que não retornarem, e aqueles que estiverem sem aulas em função do rodízio, terão apenas atividades para fazer em casa, sem apoio pedagógico. Isso porque todos os professores vão cumprir jornada integralmente nas salas de aula.

Apesar da declaração do prefeito, um decreto assinado por ele próprio, na última quarta-feira (28), alterou os protocolos de reabertura das escolas, excluindo a manutenção do ensino remoto durante o retorno gradual das aulas presenciais.

Protocolos

Mesmo antes do retorno, os protocolos já foram alterados três vezes. A última versão é a mais flexível.

Reuniões de pais, palestras, assembleias e parques infantis, proibidos no decreto anterior, foram liberados. A exigência de luvas para receber livro em sala de leitura também foi excluída. Revezamento de turmas no recreio, pia com dispensador de sabonete líquido e tapetes com higienizadores, antes obrigatórios, agora são apenas recomendáveis.

Também foi retirado do protocolo o “plano de trabalho domiciliar para os alunos de grupos de risco para Covid”.

Merenda

Os kits de alimentos deixam de ser distribuídos, e a merenda volta a ser preparada diariamente nas unidades. Segundo a secretária Marta Braz, mesmo os alunos que estiverem sem aula na semana poderão ir à escola se alimentarem. Mas aqueles que dependem do transporte escolar ficam sem merenda nesses dias.

Uniforme

Uma publicação do prefeito gerou dúvidas sobre entrega de uniforme escolar. Felipe Augusto exibiu a foto de um aluno, dizendo que ele estava pronto para a volta às aulas. “Com uniforme, máscara e calçados, tudo pensado com muito carinho para nossas crianças”, anunciou o prefeito.

Nos comentários, diversos pais escreveram que não receberam uniforme nem tênis, e quiseram saber quando seriam entregues.

O menino da foto, no entanto, estava usando peças distribuídas há dois anos. Para a maioria das crianças, a roupa e o calçado não servem mais.

“Se não vai ter uniforme, por que fez a postagem levando a entender que estão sendo entregues?”, questionou uma mãe. “Propaganda enganosa é crime”, disse outra.

A Secretaria de Educação fez uma publicação semelhante, com a imagem de outro aluno uniformizado, e convidando os pais a marcarem uma foto do filho com a hashtag #VoltaÀsAulasSãoSebá. A ideia, porém, não teve adesão. “Até marcaria, mas não recebemos uniformes”, comentou uma mãe.

- Publicidade -
frpornosexe big tit woman dildos her snatch.
cum from gross fat guy. indianxnxx swallowed adorable teens take turns sucking a big cock.
xxxbunker

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui