Mais de 150Kg de tubarão são apreendidos em barco na ilha de Alcatrazes

Mais de 150 Kg de tubarão (do tipo cação) foram apreendidos por fiscais do ICMBio dentro do refúgio de vida silvestre do arquipélago de Alcatrazes, em São Sebastião. A embarcação que realizou a pesca proibida foi interceptada na noite desta terça (18).

Os dois pescadores responsáveis foram multados em mais de R$ 40 mil e devem responder judicialmente por crime ambiental. Eles disseram que os animais seriam destinados ao comércio. A espécie de tubarão é vendida para alimentação por aproximadamente R$ 16 o quilo.

Essa foi a maior apreensão realizada este ano na região. O pescado foi destinado ao Fundo Social de São Sebastião para doação. Os outros petrechos de pesca apreendidos serão destruídos.

O cação-frango, uma das espécies apreendidas, atinge até 80 cm de comprimento e ocorre em toda a costa brasileira. Os tubarões foram capturados dentro de uma área muito importante para reprodução dos peixes, a cerca de nove quilômetros da ilha principal do arquipelágo de Alcatrazes.

Segundo o biólogo e pesquisador Vinicius Giglio, os animais são importantes, pois controlam diversas populações de organismos. “A diminuição desses tubarões causaria um desequilibro na cadeia alimentar, afetando todo o ecossistema marinho”, afirmou ele.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.