Prefeitura e PM fecham festas clandestinas em Caraguatatuba

Apenas em um dos eventos havia mais de 400 pessoas; Autuações chegam a quase R$ 60 mil

0
341
Festas clandestinas foram interrompidas no fim de semana (Foto: PMC/Divulgação)
Festas clandestinas foram interrompidas no fim de semana (Foto: PMC/Divulgação)
- Publicidade -

Duas festas clandestinas foram fechadas pela Prefeitura de Caraguatatuba e Polícia Militar no fim de semana. Os órgãos receberam denúncias de um casamento e um fluxo em duas regiões da cidade. Foi feita,  ainda, a interdição de um bar/restaurante que já havia sido autuado em outras ocasiões.

- Publicidade -

Os primeiros flagrantes ocorreram na noite de sábado (6). As equipes de fiscalização de postura da secretaria de Urbanismo encerraram uma festa de casamento realizada em uma casa alugada para eventos no bairro Jetuba, na região norte de Caraguatatuba. Quando a equipe chegou ao local, acompanhada pela PM, havia cerca de 80 pessoas na casa. Os responsáveis serão autuados em R$ 3.740.

Festas clandestinas foram interrompidas no fim de semana (Foto: PMC/Divulgação)

A outra ação foi em uma casa alugada para eventos localizada no bairro Morro do Algodão, na região sul, onde ocorria o chamado fluxo/rolezinho. Após o recebimento de denúncia, os fiscais foram ao endereço, também acompanhados da PM, e terminaram com a festa onde havia muitos menores e bebidas alcoólicas.

A estimativa é de que pelo menos 400 pessoas estavam no local. Os responsáveis foram identificados e serão autuados em R$ 3.740.

Os dois eventos também serão autuados pela Vigilância Sanitária, da Secretaria de Saúde, pois não tinham autorização para esta finalidade.

Interdição de festas em bar

Já no domingo (7), a fiscalização chegou a um estabelecimento localizado na Praia das Palmeiras, que já havia sido notificado e autuado em outras ocasiões. A equipe da Vigilância Sanitária autuou o bar/restaurante em R$ 52.360 por venda de bebidas alcoólicas após às 20h, aglomeração e funcionamento após horário permitido, além do flagrante de 11 pessoas sem máscaras. Estabelecimento lotado é interditado pela Vigilância (Foto: PMC/Divulgação)Por desrespeitar as outras autuações, o estabelecimento também  foi interditado por tempo indeterminado.

Ainda durante o final de semana, foram vistoriados cerca de 220 comércios em relação ao cumprimento de horário até às 20h. Foram mais duas autuações, além do atendimento de 23 denúncias pelo Canal 156 de perturbação de sossego que resultaram em duas multas no total de R$ 3.440.

Os boxes da Feira do Artesanato, ambulantes e feiras livre e do Rolo também foram vistoriados. Mais de 75 pessoas sem máscaras foram orientadas a colocar o protetor facial.

Pela equipe de combate aos rolezinhos, foram flagradas 325 pessoas que também não utilizavam máscaras.

- Publicidade -

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui