Vereador solicita testes em massa para população de Ilhabela

O projeto prevê mapeamento e monitoramento dos resultados para controle do coronavírus na retomada econômica

0
131
Moção de Apelo deve ser apresentada amanhã pelo vereador (Foto: Camila Garcêz/ Divulgação)

O vereador Luiz Paladino (PSDB) apresentou uma moção de apelo para que a Prefeitura de Ilhabela realize testagem rápida em toda população. O projeto prevê ainda o posterior mapeamento e monitoramento dos resultados para controle do coronavírus (Covid-19) na cidade em meio a retomada econômica.

- Publicidade -

Outras questões cobradas pelo parlamentar são: implantação de barreira sanitária na entrada da cidade e elaboração de um Plano Municipal de Retomada da Economia, sob a supervisão da equipe médica responsável pelo enfrentamento da pandemia.

O documento deve ser lido na sessão Ordinária da Câmara de Ilhabela nesta terça-feira (2) e conta com assinatura do presidente do Legislativo, vereador Marquinhos Guti e dos vereadores Cleison Guarubela, Nanci Zanato, Maria Salete Magalhães, Thiago Souza e Gabriel Rocha.

Segundo Luizinho, a adoção da testagem em massa, a exemplo da cidade de Florianópolis-SC, pode trazer mais segurança para a abertura gradual do comércio interno. As medidas de flexibilização iniciaram no Litoral Norte nesta segunda-feira (1º).

Uma pesquisa recente realizada pelo Sindicato do Comércio Varejista de Taubaté e Região (Sincovat) mostrou que o varejo da região já demitiu, até agora, ao menos 1.036 trabalhadores. Outros 1.734 contratos foram suspensos, com a MP 936, e 594 tiveram redução de jornada e salário. Em Ilhabela, o comércio perde todo dia cerca de R$ 368 mil. Foram 484 desligamentos, 623 suspensões de contrato e 174 reduções de jornada de trabalho e salário.

“Estamos em uma Ilha, conseguimos controlar o acesso por balsa, testando a população em massa poderemos mapear a realidade do município e construir um plano de retomada da economia baseado em números e estatísticas. Assim, a reabertura gradual, proposta pelo Governo do Estado poderá ser feita com segurança e responsabilidade”, alerta.

O vereador ressalta que para a elaboração de um Plano Municipal de Retomada da Economia é necessário estabelecer protocolos de detalhamento de risco de contaminação, por segmento econômico e tipo de atividade, e posteriormente por normas e regulamentos de funcionamento.

“Testando toda a população, implantando uma barreira sanitária com medição de temperatura e testes em quem entrar, podemos respaldar a equipe médica. Lá na frente quando as atividades de turismo puderem ser retomadas, poderemos promover a cidade como um destino nacional seguro do Covid-19. Nenhum município hoje tem essas condições privilegiadas. É preciso agir com planejamento e aproveitar as vantagens de ser uma ilha”, analisa ele.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui