Mais quatro óbitos por Covid-19 são notificados no Litoral Norte

Região atinge 859 casos e 29 mortes e segue na fase laranja da flexibilização

2
460
covid-19 no Litoral Norte
São dois óbitos confirmados e dois suspeitos pelo novo vírus (Imagem: Divulgação)

Mais quatro óbitos causados pelo novo coronavírus (Covid-19) foram notificados nesta sexta-feira (12), no Litoral Norte. Foram três casos em São Sebastião, sendo duas mortes ainda em investigação e um óbito confirmado em Caraguatatuba. Com isso, a região atinge um total de 859 casos positivos e 29 mortes.

- Publicidade -

Em São Sebastião, o óbito confirmado é de uma moradora de São Sebastião, de 69 anos. Os dois casos suspeitos são de uma mulher de 48 anos e de um homem de 41 anos. Todos estavam internados e intubados na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) Respiratória. Assim, o número total sobe para sete na cidade, que já chegou a 432 casos da nova doença.

O prefeito Felipe Augusto alertou sobre o crescimento dos casos. “O contágio não parou e de uns dias para cá, a taxa de óbitos suspeitos começou a subir muito e estamos preocupados. A pandemia não acabou, os números estão subindo lentamente, mas continuam subindo. Então todo cuidado é pouco, continue usando máscaras em espaços públicos, mantenha distanciamento das pessoas”.

Em Caraguatatuba, um idoso de 74 anos que estava internado morreu na noite de quinta-feira (11). O paciente tinha comorbidades e testou positivo no exame feito no laboratório credenciado pelo Ministério da Saúde, segundo a Prefeitura Municipal. A cidade conta agora com 15 óbitos. Ao todo, a cidade registra 248 casos confirmados de Covid-19.

Fase laranja no Litoral Norte

Após a flexibilização anunciada pelo governador João Dória em diversas cidades do Estado, os casos de contaminação continuaram subindo. Deste modo, as fases de abertura tiveram que recuar.

Os municípios da Diretoria Regional de Saúde de Taubaté (DRS-17), onde está inserido o Litoral Norte, continuam na Fase 2 (laranja) do Plano São Paulo. Com isso, as atividades que seriam reabertas permanecem com o funcionamento restrito. É o caso de bares e restaurantes que seguem fechados até 28 de junho.

Atividades imobiliárias, concessionárias, escritórios, comércios e shoppings seguem parcialmente abertos, com redução de atendimento para quatro horas seguidas (14h às 18h) de segunda a sábado. Os estabelecimentos devem seguir todas as normas estabelecidas pela Vigilância Sanitária.

Além disso, o número de consumidores no interior dos espaços deverá ser limitado para até 20% da sua capacidade e els devem ser atendidos sempre individualmente por um funcionário.

Os hotéis, pousadas, edifícios e condomínios devem restringir totalmente a utilização de suas áreas comuns, limitando o número de pessoas em elevadores para uma pessoa de cada vez, salvo membros da mesma família. Devem ser intensificadas as ações de limpeza, higiene, prevenção, conscientização e informação da Covid-19.

Comércio realizado em feiras livres deve ser organizado com espaçamento mínimo de 1,5 metro entre barracas, ficando vedada e degustação de alimentos no local, bem como a utilização de mesas e cadeiras.

Os cultos e reuniões religiosas deverão ocorrer com a redução da sua capacidade ocupacional para 20%, com a utilização de máscaras por todos e seguir as normas da categoria.

Os velórios e sepultamentos realizados nos cemitérios municipais deverão ter duração máxima de uma hora, com até dez pessoas, desde que o óbito não tenha ocorrido em razão da Covid-19.

2 COMENTÁRIOS

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui