Feriado de Corpus Christi terá barreiras sanitárias nas divisas do Litoral

Equipes vão atuar na Tamoios e Rio-Santos para conscientizar os motoristas sobre a necessidade do isolamento social durante a pandemia

1
86
Barreiras serão instaladas a partir desta quinta-feira (Foto: PMC/ Divulgação)

Neste feriado prolongado de Corpus Christi, as divisas que dão acesso aos municípios do Litoral Norte terão operações de barreiras sanitárias contra propagação do coronavírus (Covid-19), a partir desta quinta-feira (11).

- Publicidade -

O objetivo é conscientizar os motoristas de carros com placas de outras cidades sobre a necessidade do isolamento social. Atualmente, 820 pessoas já ficaram doentes e 27 morreram na região desde o início da pandemia.

As equipes vão informar medidas básicas de prevenção à doença e realizar o monitoramento de possíveis sintomas. Haverá medição de temperatura de motoristas e passageiros e, se preciso, encaminhamento às unidades de saúde. A ação também prevê a desinfecção dos pneus com hipoclorito (desinfetante que combate o coronavírus).

Durante o feriado, a Prefeitura de São Sebastião realizará ações nas fronteiras com Bertioga e Caraguatatuba até sexta-feira (12), entre as 9h e 16h.

Já Caraguatatuba vai implantar barreiras no no km 82 da rodovia dos Tamoios (SP-99), das 9h às 14h, com apoio da Polícia Rodoviária Estadual.

Em Caraguá, a praias continuam fechadas. Deste modo, haverá apoio do Grupamento de Bombeiros Marítimos (GBMar) para retirar as pessoas que insistirem em ir para o mar. A Defesa Civil de Caraguatatuba também passará com carro de som para informar sobre a proibição. O estacionamento na orla das praias permanece proibido.

No município de Ubatuba, a Prefeitura fará as barreiras sanitárias em diversos pontos entre 10h e 14h. A operação tem apoio da Companhia Municipal de Turismo (Comtur) e da Guarda Civil Municipal (GCM).
Em Ilhabela, continua a restrição para a entrada na cidade. Moradores e veranistas devem pedir autorização com antecedência pelo site https://travessia.ilhabela.sp.gov.br/. “Somente após o deferimento da solicitação poderá o solicitante se apresentar na barreira da travessia”, destaca a prefeitura. O acesso ao arquipélago está restrito desde o dia 21 de março, após declaração de estado de calamidade.

1 COMENTÁRIO

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui