Mulher de 71 anos é primeira curada do Covid-19 em Caraguatatuba

Paciente contraiu a doença em um cruzeiro marítimo em março

0
1579
Família Nadai este em viagem de Santos ao Balneário Camboriú (Foto: Divulgação)

Nair Del Biano de Nadai, de 71 anos, é a primeira paciente curada do novo coronavírus (Covid-19) em Caraguatatuba. Ela contraiu a doença em um cruzeiro marítimo, em março, e após os sintomas foi diagnosticada como suspeita na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Centro, onde foi isolada para tratamento e teve alta nesta semana.

- Publicidade -

O resultado positivo foi dado pelo Instituto Adolfo Lutz. Já sua filha, Iara, ainda aguarda confirmação do laboratório. A família está bem agora e descansam em um sítio a 300 km de Caraguatatuba.

Quando embarcou para as férias no dia 14 de março, em Santos (SP) com destino ao Balneário Camboriú (SC), com as duas filhas e uma neta, Nair não imaginava o desfecho tenso e preocupante. Alguns passageiros subiram a bordo com o coronavírus sem saber e o resultado foi a contaminação de 35 dos 757 passageiros.

“No navio, uma das minhas filhas, a Iara, começou a sentir mal-estar. Quando cheguei em Caraguatatuba fui para casa. Poucos dias depois comecei a sentir os sintomas de falta de ar e febre. Fui direto para a UPA, dia 19 de março. Assim que fui atendida, já me isolaram e me colocaram em observação. Minha filha também foi atendida na UPA, mas não precisou ficar, fez o tratamento em casa. Deolinda e Laís também ficaram em quarentena em casa”, contou Nair.

Diabética e hipertensa, Nair disse que ficou preocupada com o desenrolar da doença por causa das notícias graves sobre a Covid-19. “Foi um susto, mas em momento nenhum entrei em pânico. Fui muito bem atendida pelos profissionais da UPA e estou recuperada”, afirmou.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui