Uma tonelada e meia de palmito ilegal é apreendida em Caraguatatuba

Nenhum suspeito foi localizado, mas devido a quantidade recorde de palmito ilegal, a multa ultrapassaria R$ 1 milhão

0
796
A apreensão foi no meio da mara, a cinco horas de caminhada Foto: PM/ Divulgação)

Uma tonelada e meia, aproximadamente 2.100 unidades de palmito juçara in natura, embalados em 32 sacos e prontos para o transporte foram apreendidos no interior do Parque Estadual da Serra do Mar, no município de Caraguatatuba, nesta quarta-feira (11).

- Publicidade -

Nenhum suspeito foi localizado, mas devido a quantidade de palmito ilegal, a multa ultrapassaria R$ 1 milhão, conforme tipificado no artigo 40 da Lei de Crimes Ambientais.

A apreensão foi considerada recorde pela Polícia Ambiental e agentes da Fundação Florestal. Após denúncia anonima, as equipes trabalharam juntas na ocorrência durante mais de 24 horas. Eles entraram em uma trilha e depois de cinco horas de caminhada encontraram o ponto da extração.

Diante da confirmação da denúncia iniciou-se a procura dos suspeitos que perdurou até as 7h desta quinta-feira (12) quando conseguiram achar o rancho utilizado para pernoite, porém, os infratores não foram localizados.

A ocorrência foi apresentada no Distrito Policial Central de Caraguatatuba onde foi confirmado o peso de uma tonelada e meia do produto apreendido.

Os palmitos que estavam em condições para o consumo e foram destinados a instituições de caridade de Caraguatatuba.

“O palmito se torna perigoso se não for fabricado em condições de higiene adequadas e com qualidade. Desafortunadamente, 80% da produção de palmito é clandestina e predatória”, informou a Polícia Ambiental.

Denúncias podem ser feitas pelo telefone (12) 3886-2200, em horário comercial.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui