Trecho da Rio-Santos, na Figueiras, tem risco de deslizamento de terra

Alerta foi feito pela Defesa Civil de São Sebastião para o DER

0
437
No trecho passa adutora da Sabesp (Fotos: Divullgação/PMSS)

A Coordenadoria Municipal de Defesa Civil de São Sebastião fez um alerta ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER) para que faça uma intervenção emergencial temporária do trecho no Km 119+400m da Rodovia Rio-Santos (SP-55), no bairro da Figueiras.

- Publicidade -

O órgão constatou sinais de deslizamento no morro, trincas e fissuras na parte da rodovia, e degrau de abatimento no talude, que é a inclinação na superfície lateral, que tem como função garantir estabilidade no local.

Trinca identificada pela Desa Civil

O alerta é que devido aos deslizamentos, a adutora que abastece a Região Central do município está exposta. A Sabesp, empresa responsável pela adutora, está acompanhando vistorias da Defesa Civil do município.

De acordo com a Defesa Civil de São Sebastião, a variação no clima, com chuvas constantes, mantém o solo encharcado, o que pode ser prejudicial para o trecho, com risco de colapso do talude.

Solo encharcado

Este trecho fica a poucos metros de um local onde o DER já trabalha na contenção da encosta do Km 118 na tentativa de evitar o escorregamento total da pista. A obra ocorre desde março de 2019, quando ocorreu erosão de grandes proporções na margem da rodovia estadual.

Em suas redes sociais o prefeito de São Sebastião, Felipe Augusto, mostra que há um trecho de 90 centímetros entre a pista e o trecho que cedeu e que a situação inspira cuidados. “Amanhã cedo o engenheiro do DER chega à cidade para acompanhar com a Sabesp a obra que será necessária ser feita pelo órgão e Sabesp”. Disse, ainda, que de imediato não deve haver interdição no trecho.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui