DER conclui obras de contenção na SP-55 em São Sebastião

Chuvas do começo do ano causaram deslizamentos e bloquearam o trecho na altura do 115,8 

0
159

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) concluiu os trabalhos para recuperação da pista no Km 115,8 (lado esquerdo) da Rodovia Doutor Manoel Hyppolito Rego (SP-55), em São Sebastião. No local, houve queda de barreira e mais estragos causados por erosão no início deste ano. O investimento foi de R$ 2,6 milhões.

- Publicidade -

Foram executados os serviços emergenciais, iniciados em março de 2019, de correção e proteção de talude de aterro, novo sistema de drenagem, construção de muro de New Jersey e a recomposição da pista. Uma nova sinalização horizontal também foi implantada. Além disso, a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) realizou a transposição de adutora.

O Km 118,700 (lado direito) passa também por obras de contenção, após queda de barreira. Uma faixa permaneceu interditada 30 dias. Concluídas as etapas de limpeza e desobstrução da pista e do acostamento, seguem os trabalhos para proteção das encostas. O prazo de conclusão é outubro próximo, com investimento de R$ 3,3 milhões.

Chuva recorde

No dia 11 de março, fortes chuvas causaram deslizamentos no local: o talude cedeu, comprometeu o aterro e parte da pista foi levada pela força das águas. Em 12 horas, o registro de chuvas foi de 124,5 mm, o que representa mais da metade da média de chuva para março na região.

Restrição de caminhão

Após queda de talude no km 118,5 da SP 055, em março deste ano, o Departamento restringiu inicialmente a circulação de veículos de carga com Peso Bruto Total Combinado (PBTC) superior a 23 toneladas, entre os Kms 114,5 e 120, em São Sebastião. Depois, a restrição foi imposta apenas para veículos de PBTC superior a 46 toneladas e finalmente, foi revogada em em 1 de julho. A ação foi decidida em conjunto com a Polícia Rodoviária Estadual e a Defesa Civil, da Prefeitura de São Sebastião.

Obras em andamento na SP-055

As obras emergenciais para recuperação do aterro entre os Kms 116,1 e 116,3 foram iniciadas neste mês de setembro, o que proporcionará melhores condições de segurança aos motoristas e usuários. As trincas no talude foram provocadas pelo encharcamento da terra, ocasionado pelas de fortes chuvas que atingiram a região na última semana de agosto. O prazo para conclusão é de 180 dias. O DER investe mais de R$ 9,09 milhões.

A empresa responsável pelas obras iniciou a movimentação com limpeza para implantação do canteiro de obras no Km 116,3, e instalação de sinalização de alerta aos motoristas. Haverá necessidade da realização de operação pare e siga para possibilitar a execução da obra preservando a segurança dos usuários da via.

A Sabesp iniciará serviços de relocação da adutora existente no km 116,1, visando permitir a execução da obra, sem afetar o abastecimento de água a São Sebastião, com prazo para conclusão previsto de 30 dias.

Mais informações sobre as condições de tráfego na Rio-Santos poderão ser obtidas pelo telefone da Central de Operação e Informação do DER, o 0800 055 5510, pelos boletins no site do órgão http://www.der.sp.gov.br, na página @viasder no Facebook e pelo Twitter, seguindo o perfil @_dersp.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui