Empresa que fabrica colchões com lixo participa de ação na Ilha

Equipe retirou dois sacos de 100 litros de lixo na praia do Curral

0
121
Plástico é um dos materiais mais encontrados nos oceanos (Foto: Divulgação)

O aumento do lixo nos oceanos tem preocupado ambientalistas e empresas começam a se mobilizar para transformar a situação. É o caso da Bekaert Deslee, que fabrica fios de tecido reciclados para colchões na Europa. Representantes da companhia visitaram Ilhabela e participaram de uma ação de limpeza nesta quinta-feira (20), na praia do Curral.

- Publicidade -

O projeto já acontece no mar Mediterrâneo, onde pescadores são remunerados para retirarem o plástico encontrado na água e o material é transformado em matéria prima para a confecção dos colchões. “Mais uma base está sendo instalada na Ásia e vamos torcer para logo chegar uma aqui no Brasil”, se anima a bióloga marinha Cláudia Santana Ferreira, da operadora de ecoturismo Mar e Vida.

Em algumas horas, a equipe retirou dois sacos de 100 litros de lixo da praia e do mar, composto principalmente por micro plástico, isopor, garrafas pet e bitucas, emaranhados de redes de pesca e cabos, garrafas e cacos de vidro e algumas latas de alumínio.

“Além das ações de retirada de lixo desses ambientes, que são de suma importância, devemos entender que a principal ação a ser realizada, é a mudança de hábitos que cada um de nós precisamos ter para garantir a preservação de toda a natureza”, conclui Cláudia.

O limpeza foi promovida em conjunto entre Bar e Restaurante Tartaruga Verde, Sea Shepherd, Meu Copo Eco, Bekaert Deslee, Seaqual, Baleia a Vista, Dicas de Ilhabela e Toca do Careca.

 

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui