Chove 56% do esperado para Janeiro e São Sebastião fica embaixo d’água

Prédios e ruas do Centro ficaram alagadas, 52 pessoas desabrigadas e 12 crianças tiveram que ser resgatadas de creche inundada

0
225
Choveu cerca de seis horas na região (Foto: Divulgação)

Por Daniela Malara Rossi

- Publicidade -

A chuva intensa que atingiu o Litoral Norte na tarde desta sexta-feira (15) causou estragos em São Sebastião e deixou o município em estado de alerta. A enxurrada deixou 52 pessoas desalojadas e chegou a arrastar um carro para dentro do mar, no bairro São Francisco.

Ilhabela também está em estado de atenção. Foram registradas dezenas de quedas de árvores, muros, deslizamentos, vias alagadas e cortes na energia elétrica. Caraguatatuba e Ubatuba não foram afetadas. Foram cerca de seis horas ininterruptas de chuva, mas não houve vítimas na região.

São Sebastião

Segundo o Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (Cptec) a cidade de São Sebastião registrou 173 milímetros de acúmulo de água, o equivalente a 56% do esperado para todo o mês de Janeiro.

Os bairros mais afetados pela inundação foram São Francisco, Topolândia e Varadouro. O prédio da prefeitura e ruas do Centro ficaram alagadas. No Topo, 12 crianças tiveram que ser resgatadas de uma creche depois que a água invadiu a unidade.

Creche é na Topolândia (Foto: Divulgação)

“As crianças foram cuidadas, alimentadas e os pais já buscaram seus filhos, agradecendo o pronto atendimento e agilidade da prefeitura. Priorizamos o atendimento a nossas crianças”, disse o prefeito Felipe augusto, que esteve no local.

Entre as pessoas desabrigadas, 26 foram encaminhadas para a Escola Municipal da Topolândia, onde está sendo concentrado o abrigo para as vítimas. Em outros casos, as famílias foram para casa de familiares.

Caminhões e equipes da Secretaria de Serviços Públicos (Sesep) estão nas ruas, trabalhando para a limpeza das vias públicas. A Defesa Civil deve vistoriar residências nos bairros Varadouro, Topolândia, Itatinga, e do Morro do Abrigo antes que as pessoas possam retornar com segurança.

12 crianças tiveram que ser resgatadas de creche alagada (Foto: Divulgação)

O Fundo Social de Solidariedade já providenciou a entrega de colchões, alimentos e roupas para as famílias afetadas. A Secretaria Municipal de Educação (Seduc) também já encaminhou equipe de merendeiras para cuidar da alimentação das famílias que permanecerão no local até que tenham condições de voltar para casa.

O veículo arrastado para o mar era um Honda Fit com placa de São Sebastião que estava estacionado no bairro São Francisco. Não havia ninguém dentro do carro.

Dezenas de prédios e casas foram afetados em São Sebastião (Foto: Divulgação)

Trânsito

O trânsito na região central da cidade também foi prejudicado na tarde desta sexta-feira (25). De acordo com a Secretaria Municipal de Segurança Urbana neste momento, grande parte da área central da cidade – como a Avenida Altino Arantes, Rua Capitão Luis Soares e Rua Sebastião Silvestre Neves – ainda está parcialmente alagada.

Segundo o diretor do Departamento de Tráfego (Detraf), João Firmino Costa Filho, no bairro Portal da Olaria, o trânsito também é intenso, e flui através de uma operação “Pare e Siga”, com agentes de trânsito, Defesa Civil, DER e Polícia Rodoviária no local.

Doações

O Fundo Social de Solidariedade de São Sebastião está arrecadando toalhas de banho, produtos de higiene pessoal, alimentos, produtos de limpeza e roupas de cama. As doações devem ser feitas nolocal,  na Rua Capitão Luís Soares, 33, Centro. Mais informações (12) 3892-4991.

Ruas e casas ficaram embaixo d’água em SS (Foto: Divulgação)

Ilhabela

No arquipélago de Ilhabela choveu cerca de 130 mm e foram registradas dezenas de ocorrências de norte a sul. Não há desalojados, mas a água avançou nas casas na avenida São Paulo, na Barra Velha.

Segundo a Prefeitura, serão mantidas equipes de plantão para o atendimento das ocorrências e os serviços essenciais também acontecem nesta noite para restabelecer a normalidade.

A Defesa Civil pode ser acionada pelos telefones (12) 3896-2802 e 199; Corpo de Bombeiros (12) 3895-1045 e Prefeitura Municipal (12) 3896-9200.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui