Maconha camuflada é enviada em remessa para preso do CDP de Caraguatatuba

Policiais penais do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Caraguatatuba encontraram 19 invólucros com maconha, dentro de uma correspondência endereçada a um detento. A erva pesava no total cerca de 15 gramas e estava camuflada dentro de tubos de creme dental e creme para barbear.

O flagrante ocorreu na tarde desta segunda-feira (19), enquanto os servidores faziam a inspeção dos itens enviados por familiares de presos. A maconha estava em uma encomenda que tinha como remetente o nome da mãe de um custodiado.

A direção do CDP encaminhou o ilícito para a delegacia de polícia local para registro de boletim de ocorrência e outras providências legais. O custodiado envolvido foi levado para a cela de regime disciplinar e sua mãe foi suspensa do rol de visitas da Secretaria de Administração Penitenciária (SAP).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.