Procurado por estupro de vulnerável é preso em Ilhabela trabalhando em escola

Um homem procurado pela Polícia Civil de Goiás por estupro de vulnerável foi preso em Ilhabela, nesta segunda-feira (9). O suspeito, de 50 anos, havia se mudado para a ilha há poucos meses.

A Civil descobriu que, desde então, ele trabalhava para uma empresa terceirizada, na área de limpeza, em escolas municipais da cidade.

homem preso em ilhabela estupro ilhabela médico escola
Delegacia de Polícia Civil de Ilhabela (Foto: Nova Imprensa)

Segundo a Polícia Civil de Ilhabela, o homem cometeu o crime de estupro de vulnerável (artigo 213 do Código Penal) em Cristalina (GO), em 2018, mas ainda não foi julgado. Por isso, a prisão tem caráter preventivo.

Em caso de condenação, ele estará sujeito a uma pena de até 12 anos de prisão. A vítima tinha 13 anos quando ocorreu a violência.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.