Vereadores contrariam TCE e aprovam contas do prefeito de São Sebastião

O prefeito de São Sebastião, Felipe Augusto, conseguiu os oito votos que precisava para se livrar da rejeição das contas de 2018, segundo ano do governo. A votação da Câmara Municipal, nesta terça-feira (22), contrariou o parecer do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que apontou uma série de irregularidades e opinou pela reprovação.

A discussão se arrastou por pouco mais de uma hora. “É nesse momento que temos que mostrar que estamos ao lado da população. Não é hora de passar a mão na cabecinha do prefeito”, disse o vereador Giovani Pixoxó. “Espero que o povo esteja enxergando o que acontece nas sessões”, declarou Wagner Teixeira.

Entre os aliados do prefeito, coube ao vereador Marcos Fuly e ao suplente Luiz Carlos Cardim as defesas mais enfáticas. “Ajudei a eleger esse prefeito e fui secretário. Como eu posso correr agora? Faço parte do PSDB, então voto a favor das contas do prefeito”, justificou Cardim.

Além dele e de Fuly, aprovaram as contas os vereadores Diego Nabuco, Edivaldo Campos (o Teimoso), Daniel Soares, Pedro Renato, José Reis e Daniel Simões. Os quatro últimos não justificaram o voto.

Essa foi a segunda vez que a maioria dos vereadores livra Felipe de ter contas rejeitadas. Em outubro do ano passado, eles aprovaram as contas de 2017, que também haviam sido reprovadas pelo TCE.

O prefeito ainda vai precisar dos vereadores na votação das contas de 2019, que já tem outro parecer desfavorável do TCE.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.