Morre Glau Duarte, digital influencer gay espancado em Ubatuba

O digital influencer Glau Duarte, de 31 anos, morreu na manhã desta quinta-feira (20), após ser espancado na praia do Itaguá, em Ubatuba, na noite de terça-feira (18). A vítima passava férias com duas amigas na cidade quando foi atacada. Segundo testemunhas, ele estava com o rosto desfigurado e com as roupas abaixadas, sinal usado por homofóbicos em crimes deste tipo.

Glau, como era conhecidos pelos amigos, era de Embu das Artes, no interior do Estado. Ele era digital influencer, youtuber, maquiador e cabeleireiro profissional e tinha quase 100 mil inscritos em seu canal sobre maquiagem. No Instagram, tem mais de 100 mil seguidores. Ele também era empreendedor e atuava com famosos e marcas, como a Playboy. Além de ter sua própria marca de óculos.

O crime

Uma enfermeira encontrou Glau Duarte desacordado e acionou o socorro, que o levou para a Santa Casa, onde já chegou em coma. Na ação, o celular da vítima foi levado. Família e amigos apontam que o crime foi motivado por homofobia. Ele vestia short curto e vestido. A polícia apura o caso.

glau duarteEm entrevista exclusiva ao Nova Imprensa, um amigo da vítima, identificado como Carlos, contou que na noite do crime ele e as amigas foram a uma casa de pagode. Na volta, Glau deixou as meninas na pousada e decidiu tomar uma cerveja em um quiosque antes de entrar. Pouco depois, receberam a notícia de que ele havia sido encontrado desacordado perto do Aquário.

“O Glau era uma pessoa magnífica, sem inimigos. Batalhador, conquistou tudo sozinho, esforçado e gentil. Ele morreu por ser gay. Ser LGBTQIA+ é complicado, é um risco constante. Matarem o Glau também mata um pedaço da gente”, desabafou Carlos.

One Reply to “Morre Glau Duarte, digital influencer gay espancado em Ubatuba”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.