Após fechamento por briga de família, Instituto Medina amanhece vandalizado

Após encerrar suas atividades por conta de brigas de família, o Instituto Gabriel Medina, em Maresias, costa sul de São Sebastião, amanheceu com pichações na fachada. Os dizeres “A ganância acabou com o Instituto. Fora Simone Medina” fazem referência à mãe do surfista.

Os desentendimentos do tricampeão mundial com os pais começou no início do relacionamento com a modelo Yasmin Brunet. Após o casamento relâmpago do casal, o atleta ainda despediu o padrasto do cargo de treinador, após 15 anos de trabalho conjunto e dois títulos mundiais. A mãe foi bloqueada de suas redes sociais. Afastado da família, Medina contratou Andy King como novo técnico.

A evacuação do prédio, que atendia jovens carentes da região com aulas de surfe e outras atividades sociais, começou no meio do mês passado, logo após Medina conquistar o terceiro título de surfe mundial. Vazia e com aparência de abandonada, a casa foi desmontada às pressas pela mãe.

Instituto 

O Instituto Gabriel Medina abriu as portas e 2017 para atender, inicialmente, 38 jovens de 10 a 16 anos com toda estrutura de treinamento do campeão mundial de surf. Além dos treinos, eles tinham aulas de idiomas, de tecnologia, palestras, atendimento médico e bucal.

A sede conta com 336m², de frente para o mar, em local estrategicamente escolhido, onde o ídolo do surf aprendeu a pegar ondas. A estrutura conta com sala de aula, Tech Lab, em parceria com a Microsoft, piscina, para natação e apneia, sala de musculação, e até mesmo cama elástica para treinamentos de aéreos. Há, também, um palanque para treinos nas ondas e simulação de baterias, e um acervo das conquistas de Gabriel.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.