Caminhão com 3,3 toneladas de madeira nativa sem documentação é apreendido

Um caminhão com 5,5 m³ de madeira nativa – aproximadamente 3,3 toneladas – sem documentação foi apreendido em São Sebastião, na tarde desta quarta-feira (25). A carga vinha de uma madeireira de Guaratinguetá quando foi abordada pela Polícia Ambiental e os responsáveis acabaram multados em quase R$ 5 mil.

Durante a fiscalização, o motorista confessou que não tinha nota fiscal e DOF, que são as documentações necessárias para transporte de madeira nativa; somente a documentação do veiculo.

A carga composta de madeira da espécie Tauari, em tipos diversos de ripa, vigas e prancha, foi apreendida e ficou armazenada na sede do 3º Pelotão Ambiental em São Sebastião, onde aguardará julgamento para destinação ou destruição.

O motorista recebeu um auto de infração por crime ambiental, assim como a empresa responsável pelas madeiras e o proprietário da empresa. A multa foi aplicada no valor de R$ 1.650 para cada, totalizando R$ 4.950.

A Ambiental solicitou a inativação do veículo junto ao sistema DOF e a suspensão das atividades da madeireira.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.