ONG promove vaquinha online para jovem com ceratocone voltar a enxergar

Jovem ilhabelense teve que deixar os estudos por conta da condição genética rara

0
153
fappornvideos.com www.xxnx.sex phimtube
ceratocone
A jovem teve o diagnóstico da doença progressiva aos 14 anos (Foto: Arquivo Pessoal)
- Publicidade -

A ONG Rede do Bem criou uma vaquinha online para uma jovem ilhabelense, de 21 anos, voltar a enxergar. Maria Steffanie de Araújo Vasconcelos sofre há sete anos com ceratocone, uma deformação rara nas córneas. O objetivo da ação solidária é adquirir R$ 6 mil para compra de lentes especiais que ajudam na correção do problema.

- Publicidade -

A estudante teve o diagnóstico da doença aos 14 anos. Ela cursou até o terceiro ano de pedagogia, mas precisou trancar o curso por conta da piora dos sintomas. Há um ano e meio, Maria passou a ter extrema dificuldade para executar tarefas simples de seu dia-a-dia, tanto no trabalho quanto nos estudos.

“Precisei trancar a faculdade, não consigo mais ler e escrever. Então ficou inviável fazer as atividades propostas”, lamenta a jovem.

Ajuda negada

Maria Steffanie, que precisa urgentemente das lentes corretoras, foi à Prefeitura de Ilhabela e deu entrada no processo de ajuda financeira para o tratamento. Porém, o processo foi levado até a Justiça, que negou o pedido, alegando que o caso não é urgente.

Com a negativa, a menina não conseguiu a liberação do dinheiro e sua história chegou a Rede do Bem, que elaborou uma campanha para arrecadar o valor. “O mais triste é que o juiz é um conhecido da jovem e sabia de perto suas reais necessidades, fato que nos comoveu demais”, desabafou Juliana Horta, uma das líderes da ONG.

Além do ceratocone, a jovem acabou desenvolvendo sintomas psicológicos, atrelados aqueda da qualidade de vida.  “Conversei muito com Maria, recomendei a ela passar pela UBS e solicitar terapia para as crises de pânico e ansiedade – que ela acabou desenvolvendo com o agravamento do ceratocone – até conseguirmos a captação do total do recurso”, explicou Juliana.

O Instituto da Rede do Bem é uma ONG que atua de forma voluntária em diversas questões, desde captação de alimentos para doação às famílias que não tem documentação em dia e não podem ser atendidos pela prefeitura de Ilhabela, ajuda na doação de roupas, até casos graves do município.

O que é o ceratocone?

Ceratocone é uma doença genética rara, de caráter hereditário e evolução lenta. O problema se manifesta mais entre os 10 e 25 anos, mas pode progredir até a quarta década de vida ou estabilizar-se com o tempo.

A perda progressiva da visão, que se torna borrada e distorcida, tanto para longe quanto para perto, e obriga a aumentar com frequência o grau das lentes dos óculos até que a solução é substituí-los por lentes de contato, que podem ser de diferentes tipos.

Outros sintomas são fotofobia, que é sensibilidade à luz, comprometimento da visão noturna, assim como a diplopia ou visão dupla. E ainda a formação de múltiplas imagens de um mesmo objeto (poliopia) ou de halos ao redor das fontes de luz são outros sintomas da doença.

No estágio inicial do ceratocone, segundo o médico oftalmologista Dr. Marcelo V. Netto, os pacientes apresentam baixa da visão, principalmente noturna, e aumento progressivo da miopia e principalmente do astigmatismo.

Nesse estágio inicial, o uso de óculos ou lentes de contato gelatinosas é capaz de oferecer uma boa visão ao paciente. Com a evolução do ceratocone, é esperado uma aumento progressivo da miopia e do astigmatismo. Nesses casos, a visão de longe diminui bastante e torna-se ainda pior a noite.

No estágio seguinte, o astigmatismo aumenta bastante e se torna irregular, gerando uma imagem borrada e distorcida. Os óculos passam a não mais oferecer uma visão satisfatória e somente as lentes de contato rígidas são capazes de melhorar parcialmente a visão.

ceratocone
A visão de um paciente com ceratocone (Fonte: Laser Vision)

Como ajudar

As doações, de qualquer valor, podem ser feitas direto no site da campanha, Ajudaê.

É possível ainda fazer depósito em conta:

Nome: Brendah Roman Horta
Banco: Caixa Econômica Federal
Agência: 3334
Código para depósito 013 Conta poupança: 5680-0
CPF: 488.678.988-92

Pix:
Juliana Horta
Chave: 12992432238 ou 26481347866

Informações: (12) 99243-2238.

- Publicidade -
frpornosexe big tit woman dildos her snatch.
cum from gross fat guy. indianxnxx swallowed adorable teens take turns sucking a big cock.
xxxbunker

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui