Maconha enviada por Sedex é apreendida no CDP de Caraguatatuba

Seis invólucros de maconha enviados por Sedex pela mãe de um preso foram apreendidas pelos agentes do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Caraguatatuba. A droga estava escondida dentro de um creme corporal e pesava 23 gramas.

O flagrante ocorreu durante o fim de semana, enquanto os servidores realizavam a vistoria nos pacotes enviados por Sedex pelos familiares.

A direção do CDP de Caraguatatuba encaminhou o material apreendido para a delegacia de polícia da cidade, onde registrou Boletim de Ocorrência. O detento foi conduzido para cela disciplinar e foi aberto procedimento apuratório interno.

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informa ainda que nos casos de flagrantes como esse, o familiar fica proibido de realizar visitas aos detentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.