Barco oceanográfico da USP é recuperado em Caraguatatuba

Um barco oceanográfico de pesquisas da Universidade de São Paulo (USP) foi recuperado no Porto Novo, região sul de Caraguatatuba. A embarcação Albacora permaneceu na cidade por pelo menos seis meses e, na última semana, conseguiu voltar às suas atividades de estudos oceanográficos, saindo pela barra do rio Juqueriquerê.

O Instituto Oceanográfico da USP opera uma das principais frotas de pesquisa e ensino da América Latina. As embarcações são utilizadas nas mais diversas demandas da investigação oceânica, seja na área da biologia, geologia, física ou química. O Albacora, fica baseado em Cananéia, litoral sul de São Paulo, para apoio nos estudos.

Embarcação deixa Caraguatatuba pelo rio Juqueriquerê (Foto: CMC/ Divulgação)

Apoio na entrega do barco

O vereador Dé Construtor (PSC), representando o presidente da Câmara de Caraguatatuba, Tato Aguilar (PSD), acompanhou, de perto, os últimos acertos da entrega do barco. “Fico feliz em poder representar o poder público nesta ação, que também é uma forma de  valorizar e acreditar nos trabalhos que o Instituto Oceanográfico da USP está desenvolvendo”.

A professora Dalva Santana, moradora do bairro Porto Novo há 60 anos, também verificou a entrega do barco e se orgulhou da capacidade geográfica da região para abrigar a reforma. “Há muito tempo não via um barco deste tamanho no Rio Juqueriquerê. Muito bom ver este tipo de ação. Acredito que o Porto Novo é um dos poucos lugares onde é possível se recuperar barcos deste porte e por isso mesmo é fundamental manter a boca da barra do rio limpa como está”, frisou ela.

Professora Dalva e vereador Dé Construtor acompanham retorno da embracação (Foto: CMC/ Divulgação)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.