Mulher de 38 anos mantida em cárcere privado é resgatada em Caraguatatuba

Ela contou que o ex-companheiro a mantia presa em casa e cometia torturas e estupros

2
4803
Ambiental realizou o resgate na noite passada (Fotos: PM/ Divulgação)

Uma mulher de 38 anos que era mantida em cárcere privado por seu companheiro, de 21, foi resgatada pela Polícia Ambiental, no final da noite desta quarta-feira (15), no bairro Perequê Mirim, região sul de Caraguatatuba. A vítima era mantida em casa e contou que seu ex-companheiro a torturava e violentava sexualmente.

- Publicidade -

Os policiais chegaram à residência graças a uma denúncia anônima e no local foram recebidos por  I. L. B. P., que ao ser questionado sobre manter sua companheira presa, negou a acusação.

A equipe solicitou falar com D. G. L. que, em uma conversa longe do suposto agressor, contou que não aguentava mais aquela situação e que era constantemente espancada e estuprada. Ela mostrou à equipe várias manchas roxas em seu corpo, segundo ela, resultado das agressões.

A Polícia Ambiental conduziu os dois à delegacia para registro da ocorrência e o homem foi indiciado pelos crimes praticados nos artigos 148 “sequestro e cárcere privado”, 129 parágrafo 9º “lesão corporal”, 213 “estupro” e Lei 11340/06 “violência doméstica”.

O acusado permaneceu à disposição da Justiça e a motivação dos crimes será investigada pela Polícia Civil.

A Polícia Ambiental recebe denúncias pelo telefone (12) 3886-2200.

2 COMENTÁRIOS

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui