Homem que vendia maconha superfaturada na quarentena é preso

Foram encontrados 6Kg da droga e um pé plantado na casa do suspeito

1
774
Flagrante aconteceu no sábado em Caraguatatuba (Foto: PM/ Divulgação)

Um homem suspeito de tráfico de drogas que se aproveitava da quarentena e escassez no abastecimento de maconha no Litoral Norte para superfaturar a droga, foi preso na manhã deste sábado (4) em sua casa no bairro Martin de Sá, em Caraguatatuba.

- Publicidade -

A Operação Pandemia, uma atuação conjunta do Ministério  Público e da Polícia Militar, através da Força Tática, depois da investigação, cumpriram o Mandado de Busca e Apreensão expedido pelo Juiz de Direito da Comarca local, na casa do suspeito.

O homem que foi preso, segundo informações, seria um dos responsáveis pelo armazenamento e distribuição de maconha na cidade.

As apreensões resultaram em 6,824kg de maconha: oito tabletes, cinco porções e um arbusto da droga, que estava plantado no jardim da residência.

Também foram apreendidos um notebook, um telefone celular, uma faca de cozinha, duas balanças de precisão e dois rolos de papel filme.

A PM informou que “conforme a Lei 11.343/2006, que dentre outras coisas estabelece normas para repressão ao tráfico de drogas, o crime ora cometido se enquadra numa pena de reclusão de cinco a 15 anos no regime fechado”.

1 COMENTÁRIO

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui