Com 25 casos suspeitos, São Sebastião libera parte dos comércios

Cidade tem uma morte confirmada pelo novo coronavírus e mais três óbitos em investigação

1
1339
Novas medidas passam a valer hoje (Foto: PMSS/ Divulgação)

Em meio a pandemia mundial de coronavírus (Covid-19), a Prefeitura de São Sebastião, por meio do Comitê de Gestão de Crise (GDC), anunciou a flexibilização do funcionamento do comércio local, a partir desta segunda-feira (6). A cidade tem 25 casos suspeitos da nova doença e uma morte confirmada, além de mais três óbitos em investigação.

- Publicidade -

Segundo a administração a medida visa à manutenção da economia do município. A partir de agora podem funcionar, com restrições determinadas pelo Plano Municipal de Contingência para Infecção Humana pelo Novo Coronavírus: ambulantes, bares, lavanderias, cabeleireiros, manicures, lojas e feiras livres.

Tanto comerciantes como consumidores precisam seguir as regras do plano, utilizando máscaras e realizando assepsia total. As orientações não podem ser descumpridas, caso contrário, a licença do comerciante poderá ser cassada. Todas as medidas visam evitar aglomeração.

A flexibilização permite que ambulantes atendam em frente às suas residências, sem aglomeração, sem venda de consumo para o local, mas ficam autorizadas as vendas e que os clientes consumam em suas residências.

Donos de bares não estão autorizados de fornecerem bebidas para consumação no estabelecimento, mas os interessados devem entrar com contato com a prefeitura para solicitarem autorização de fornecimento de bebidas para viagem.

Lavanderias (roupa, sofá, cortinas) podem funcionar sem aglomeração, ou seja, no sistema “meia porta”. Feiras livres estão liberadas, entretanto, devem seguir as recomendações do Ministério da Saúde e todos devem utilizar máscaras e realizar higienização total. O mesmo serve para o comércio de pescados.

Cabelereiros, manicures e salões de estéticas poderão atender um cliente por vez, com agendamento prévio. Entre um cliente e outro, permanece as mesmas recomendações de higiene, limpeza e assepsia total do local. Vale lembrar caso haja mais de um profissional no local, os profissionais devem realizar um planejamento para atendimento em turnos diferenciados.

No ambiente, deve haver apenas um profissional e um cliente. Todos os profissionais precisam usar máscara.

Lojas de roupas podem fazer entregas; comércio online, por telefone e delivery estão liberados. Óticas estão liberadas para consertar óculos, neste caso, apenas este serviço está liberado.

Clínicas médicas e odontológicas continuam funcionando normalmente, desde que sigam todas as recomendações do Ministério da Saúde.

1 COMENTÁRIO

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui