Casos suspeitos de coronavírus chegam a 164 no Litoral Norte

Há 5 mortes em investigação em São Sebastião, uma confirmada e um paciente positivo na UTI em Caraguatatuba

0
221
Atualização referente ao vírus foi feira nesta quinta-feira (Imagem: Divulgação)

Os casos considerados suspeitos do novo coronavírus (Covid-19) chegaram a 164 no Litoral Norte, nesta quinta-feira (2), conforme os boletins emitidos pelas prefeituras locais. Os resultados estão demorando cerca de um mês para serem finalizados, já que existe apenas o Instituto Adolfo Luz, na cidade de São Paulo, para atender todo o Estado. Hoje há cerca de 16 mil exames na fila de espera.

- Publicidade -

Entre os casos registrados no Litoral Norte, há registro de cinco mortes em investigação em São Sebastião, um óbito confirmado e mais duas pessoas em isolamento e bom estado de saúde. Em Caraguatatuba são três mortes suspeitas e um caso confirmado de paciente que está na UTI. Na cidade de Ubatuba existem 64 pessoas aguardando resultados de exames e em Ilhabela, 12.

A primeira morte em decorrência da nova doença foi confirmada em São Sebastião, na última segunda-feira (30). A vítima foi Roberto Alves dos Santos, de 60 anos, ex-secretário de Habitação e Planejamento da cidade no governo Ernane Primazi, que morreu no dia 23 de março.

Em Caraguá a confirmação do caso foi feita com o novo teste rápido que chegou a cidade. Um paciente de 62 anos, que está entubado na UTI da Casa de Saúde Stella Maris, teve o exame positivo para coronavírus, na noite desta quarta-feira (1°). Foram realizados ainda testes rápidos em cinco outros pacientes adultos que estão internados, além de uma criança que está na UTI neonatal. Independentemente do resultado, a prefeitura informou que também aguarda a contraprova do Instituto Adolfo Lutz.

Segundo a Secretaria de Saúde, “o teste rápido é indicado apenas entre o sétimo e décimo dia do início dos sintomas, como febre e tosse. Isso quer dizer que, mesmo os negativos, estes podem vir a ser positivos, pois o teste não consegue diagnosticar o início da doença, sendo que ele mede o anticorpo”.

A expectativa é de que 5 mil testes rápidos cheguem na cidade até o final de semana para  serem aplicados em casos considerados mais graves.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui