Prefeito de Ubatuba vai a São Paulo pedir reabertura do IML na cidade

O serviço foi encerrado por falta de médicos no dia 26 de fevereiro

0
166
Aluguel e despesas básicas eram mantidos pela prefeitura (Foto: Divulgação)

O prefeito de Ubatuba, Délcio Sato, esteve no Palácio do Planalto na manhã desta terça-feira (3), em reunião com o Secretário de Desenvolvimento Regional Marco Vinholi, para falar a respeito do fechamento do Instituto Médico Legal (IML) da cidade.

- Publicidade -

As atividades do foram encerradas no dia 26 de fevereiro por decisão do Núcleo de Perícias Médico Legais de São José dos Campos, órgão subordinado à Polícia Científica ligado à secretaria de Segurança Pública do Governo do Estado de São Paulo.

A decisão teria se dado pela falta de médicos legistas concursados no Estado. Porém, o prefeito se diz otimista sobre o resultado da reunião, que deve ter um retorno nesta sexta-feira (6) sobre manter o serviço.

Segundo a Prefeitura Municipal de Ubatuba, a administração conseguiu manter o IML realizando o pagamento do aluguel do imóvel para o funcionamento nos últimos três anos e, ainda, mantendo os custos de telefone, energia, água e um funcionário.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui