Motoristas da Ecobus entram em estado de greve em São Sebastião na quarta (26)

A empresa marcou audiência de tentativa de conciliação para sexta (28)

0
2925

Os motoristas da empresa Ecobus, concessionária do serviço de transporte público em São Sebastião, por meio do Sindicato dos Motoristas, Trabalhadores Nas Empresas de Transportes de Passageiros Urbanos, Metropolitano, Rodoviários, Transportes de Cargas Secas, Líquidas em Geral, Limpeza Urbana Pública e Privada e das Categorias Diferenciadas do Litoral Norte, informaram em carta aberta, que estão em estado de greve podendo evoluir para greve, a partir da 00h do dia 26 de fevereiro de 2020 (quarta-feira).

- Publicidade -

O estado de greve acontece em razão do impasse nas negociações que ocorreram em assembleia dia 19 de fevereiro, a respeito de reajuste salarial dos funcionários; a proposta da empresa foi de repasse de 2,55% de forma linear, referente ao Índice Nacional de Preço ao Consumidor (INPC/IBGE), com o pagamento retroativo a 01/11/2019, na forma de abono a ser pago no de agosto de 2020 a todos os funcionários da empresa.

Houve impasse ainda a respeito do pagamento de um adicional para o exercício da dupla função de motorista e cobrador de 2% sobre as passagens recebidas em moeda corrente, somente aos motoristas da linha de passageiros de rua, excluindo os da linha escolar.

A empresa diz que as negociações não se encerraram e solicitou junto ao Ministério Público do Trabalho uma liminar para que o sindicato garanta percentual mínimo de 70% da frota de ônibus nas ruas nos horários de pico e 50% nos demais horários, sob pena de incidência de multa diária de R$ 30mil.

A audiência de tentativa de conciliação e instrução foi marcada para o dia 28 de fevereiro (sexta-feira), às 14h30.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui