Embarcação da Marinha pega fogo e naufraga em São Sebastião

Os tripulantes foram salvos pelo GBMar e socorridos

0
314

Uma embarcação da Marinha do Brasil (bote Anchieta) pegou fogo e naufragou por volta do meio dia deste domingo (5).

- Publicidade -

O comandante do Grupamento de Bombeiros Marítimo (GBMar), capitão João Batista Rapaci, informou que a embarcação da Marinha saiu do píer do Porto de São Sebastião, navegou por aproximadamente 200 metros e houve uma explosão no tanque de combustível. O incêndio atingiu totalmente a embarcação, que foi à  deriva.

A Embarcação Comandante Barreto, do GBMar, realizou o resgate dos três tripulantes do mar. “Eles estavam conscientes e orientados, apenas com escoriações. Duas vítimas foram conduzidas pelas unidades do SAMU, uma não apresentou nenhum ferimento grave e foi levada pela viatura da Marinha do Brasil”, concluiu Rapaci.

A lancha do GBMar retornou para fazer a extinção do fogo e segurança do tráfego aquaviário, conduzindo a embarcação para um local seguro por meio de reboque e aguardando que a mesma afundasse para garantir a segurança das embarcações nas adjacências, evitando que fosse levada pela correnteza até as instalações da  Transpetro em São Sebastião, deixando demarcado o local com boia de sinalização.

A Marinha do Brasil, por meio da Capitania dos Portos de São Sebastião, emitiu comunicado confirmando que na manhã deste domingo, enquanto fazia inspeção no Canal de São Sebastião,  uma embarcação de casco semirrígido incendiou-se e naufragou nas proximidades do Terminal Almirante Barroso (Tebar).

O Capitão de Mar e Guerra, Wagner Goulart de Souza, comandante da Delegacia da Capitania dos Portos em São Sebastião, informou que os militares que estavam na embarcação passam bem e já foram pra casa.

Amanhã, a lancha será reflutuada e levada à Capitania para que as causas do acidente sejam apuradas.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui