Defesa Civil do Estado entrega Depósito de Ajuda Humanitária em Caraguatatuba

Kits de apoio ficam no Corpo de Bombeiros da cidade e servem apra todo Litoral Norte

0
238

A Defesa Civil do Estado de São Paulo inaugurou nesta terça-feira (28/01), em Caraguatatuba, seu sétimo Depósito de Ajuda Humanitária, o primeiro do Litoral Norte. Objetivo é a região estar preparada para uma eventual calamidade pública de forma que a população possa ser atendida com maior agilidade.

- Publicidade -

O coordenador adjunto da Defesa Civil, capitão Newton Krüger, explica que até então, era preciso ir a Taubaté, no Vale do Paraíba, para buscar kits de primeira necessidade às vítimas de enchentes, alagamentos, escorregamentos de terra quando a situação era grave.

Agora, cestas básicas, colchões, cobertores, material de higiene e limpezas, lonas plásticas e até uma barraca ficam na Estação do Corpo de Bombeiros de Caraguatatuba, onde o atendimento pode ser feito com mais agilidade.

Inicialmente, os kits podem atender até 60 pessoas/famílias. Mas com base nas previsões do tempo, é possível repor esse material ou se preparar para desastres ambientais em consonância com os municípios.

A iniciativa surgiu após solicitação do coordenador regional da Defesa Civil da Região Metropolitana do Vale do Paraíba, Serra da Mantiqueira e Litoral Norte, capitão Antonio Carlos Bernardes.

“No ano passado percebemos a vulnerabilidade de atendimento do Litoral Norte com os constantes fechamentos da Rodovia dos Tamoios e a dificuldade para enviar ajuda para a região. Por isso, fizemos o pedido à Casa Militar que entendeu que era o momento do litoral ter o seu depósito para uma resposta rápida”.

O diretor estadual da Defesa Civil, tenente coronel PM Henguel Ricardo Pereira, destacou a importância dessa estrutura, em Caraguatatuba, considerado ponto estratégico no Litoral Norte. “Vai facilitar o atendimento às cidades vizinhas no caso de alguma intercorrência na serra. Vamos diminuir o tempo/resposta, lembrando que neste período a Defesa Civil monitora toda a região e pode se antecipar e dar uma segurança melhor para a população no caso de necessidade”.

Ele reforçou, ainda, que este será um verão atípico, com ausência dos fenômenos meteorológicos El Nino e La Nina, mas isso não significa que pode não haver ocorrências. “Para o final de janeiro e começo de fevereiro as previsões são de chuvas de pouca duração, mas de grande intensidade”, alertou. E completou que “qualquer ajuda, seja do Estado ou do Município, é sempre bem-vinda e um fôlego para as famílias atingidas”.

O vice-prefeito e coordenador da Defesa Civil de Caraguatatuba, capitão Campos Junior, representando o prefeito Aguilar Junior, parabenizou a iniciativa que de alguma forma significa um diferencial no sofrimento da pessoa que precisa de atendimento. O municpipio tem 19 áreas de risco divididas em mais de 50 setores.

“Este é um momento importante que o Estado reconhece que o Litoral Norte precisa de um depósito mais próximo. Nós temos a nossa reserva estratégia, com esses materiais e outros mais, mas se for necessário, complementar, estando perto abrevia muito mais para todo mundo”.

Para o diretor da Defesa Civil de Ubatuba, Nelson Luiz de Jesus ‘Torra’, esse suporte ajuda e muito as cidades em relação ao tempo/respostas para ajudar famílias desabrigadas. No começo deste ano o município sofreu com inundação quando choveu o equivalente a 160 milímetros (160 litros por metro quadrado).  Conforme ele, são 15 áreas de risco entre os bairros Enseada, Vale do Sol, Ipiranguinha e Bela Vista.

Por São Sebastião, o diretor da Defesa Civil,  Ricardo dos Santos, se mostrou agradecido e lembrou que o município passou por momentos muito difíceis nos últimos tres anos e a Casa Militar sempre ajudou. “Esse centro de Distribuição no litoral siginifica rapidez no atendimento à populção, vai facilitar a vida do municípoio que é muito extenso e tem dificuldades de logísticas para veículos grandes devidos às restrições ao logo da Rio-Santos (Rodovia).

A cerimônia de inauguração contou, ainda, com a presença do tenente-coronel Márcio André da Silva Nunes, comandante do 11º Grupamento dos Bombeiros; capitão PM Robson Mutsuo, diretor do Núcleo de Logística Humanitária da Defesa Civil; coordenadores e agentes da Defesa Civil dos municípios vizinhos; presidente da Câmara de Caraguatatuba, Francisco Carlos Marcelino (Carlinhos da Farmácia), vereadores Renato Leite Carrijo de Aguilar (Tato Aguilar), João Silva de Paula Ferreira (De Paula), e Aguinaldo Pereira da Silva Santos (Butiá) , entre outros.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui