Ambiental flagra venda de peixe com risco de extinção em Ubatuba

Proprietária da peixaria foi autuada em R$ 800

0
207

Uma garoupa, peixe em risco de extinção, pesando aproximadamente cinco quilos, estava à venda em uma peixaria de Ubatuba. A apreensão aconteceu nesta quarta-feira (22), durante patrulhamento da Polícia Militar Ambiental Marítima no Mercado Municipal de Peixes, na Barra dos Pescadores.

- Publicidade -

De nome científico Epinephelus marginatus, a garoupa verdadeira no Brasil é uma espécie bem conhecida pelos pescadores e mergulhadores, principalmente nos litorais do sudeste e do sul do País. Essa espécie também é bastante conhecida e apreciada na culinária do País, tornando-a importante economicamente.

A garoupa foi doada à instituição beneficente da região e a proprietária da peixaria foi autuada em R$ 800 por “comercializar espécime proveniente da pesca proibida”, já que o peixe em questão encontra-se inserido na lista de animais marinhos com risco extinção, e irá responder em liberdade pelo crime ambiental, conforme informado pela Polícia Ambiental.

Preservação

Em Ilhabela, a Associação Ambientalista Terra Viva (ATEVI) cria garoupas em cativeiro e promove a soltura dos peixes jovens, em tentativa de preservação da espécie.

Em 2019, houve uma soltura de 20 mil filhotes na praia do Pacuíba, em Ilhabela; desses, não se sabe quantos sobrevivem, porém, a associação persiste.

Conheça: www.atevi.org.br

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui