Prefeitura de Caraguatatuba e Fehidro vão contratar estudo para controle de abertura da Lagoa Azul

Atualmente, a abertura é feita em condições emergenciais, quando a Defesa Civil emite alerta de chuva forte

2
705
????????????????????????????????????

Estudar a melhor maneira para a abertura da barra da Lagoa Azul, na Praia do Capricórnio, na região norte de Caraguatatuba.

- Publicidade -

Este é o teor do contrato assinado na quarta-feira (18/12) pelo prefeito Aguilar Junior com o Fundo Estadual dos Recursos Hídricos (Fehidro). O recurso de R$ 485.146,97 permitirá a contratação de empresa especializada para elaboração do projeto.

De acordo com Ronaldo Cherbele, diretor de Meio Ambiente, da Secretaria de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca, o projeto consiste na realização de levantamento de dados topográficos, planialtimétricos cadastrais, topobatimétricos, de dinâmica hidrológica e costeira e na execução de monitoramento contínuo do nível d’água da Lagoa por meio da instalação de sensor de nível d’água.

“Esses estudos e sensor são necessários para compreender o ecossistema local, incluindo os parâmetros de qualidade da água e do material do fundo da Lagoa, além de permitir que seja determinado o momento mais apropriado para a realização da abertura artificial da barra da Lagoa”, explica Cherbele.

O objetivo da prefeitura é reduzir ao mínimo necessário a quantidade de intervenções na barra da Lagoa, para que os impactos ao meio ambiente relacionados a esta atividade tenham o menor efeito possível ao ecossistema, evitando enchentes e alagamentos dos bairros próximos e garantindo mais segurança aos moradores da região e a preservação ambiental.

Atualmente, a abertura é feita em condições emergenciais, quando a Defesa Civil emite alerta de chuva forte ou começa a chover muito na região e há risco de alagamentos dos bairros da vizinhança.

Para o prefeito Aguilar Junior, a assinatura desse convênio é de extrema importância para o município. “Envolve toda a questão ambiental, a balneabilidade das praias e a comunidade”.

O projeto já havia sido aprovado junto ao Comitê de Bacias Hidrográficas do Litoral Norte (CBH/LN) e 95% dos recursos serão via financiamento do Fehidro e 5% de contrapartida do município.

2 COMENTÁRIOS

  1. A lagoa azul sempre teve sua abertura feita naturalmente sem a intervenção do homem em um fenômeno Natural da natureza. A abertura emergencial se deve visto que casas forma construídas irregularmente nas proximidades da mesma área está que serve como vazão para a água de chuva. A abertura Mecanica acaba com a fauna e flora da lagoa. O correto seria a regularização destas resistência e que fossem transferidas para áreas segura. A lagoa já existe a centenas ou quiçá milhares de anos e alterar esse Paraiso por culta exclusivamente do homem é um crime ambiental e um crime contra a humanidade. Devem procurar os responsáveis por emitir alvará pra construção destas casas que são impactadas pela enchentes e puni-los. Pois as casas devem ter sido construídas em araras de risco e que devem ser consideradas áreas de proteção ambiental. O interesse financeiro não pode prevalecer sobre o interesse coletivo e ambiental.

  2. Porque todas obras públicas são valores altos e depois ainda fazem complementação. Isto para mim cheira mal. Quando de fato vamos investir valor real, concretizado no tempo real e até antes do previsto e sobrando valores.?

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui