Polícia Ambiental flagra aves em cativeiro em casas de Caraguatatuba

Policiais receberam denúnciaanônima e constararam o crime no Indaiá

0
813
Sete gaiolas foram apreendidas nos imóveis (Foto: Divulgação/PA)

Policiais Ambientais da 3ª Companhia de Polícia Militar Ambiental Terrestre apreenderam, nesta quarta-feira (11),diversas aves da fauna silvestre dentro de residências no Indaiá, na região central de Caraguatatuba. Eles chegaram ao local após o recebimento de denúncia anônima.

- Publicidade -

Ao averiguarem a informação, os policiais encontraram na primeira casa quatro gaiolas com dois sabiá poça (Turdus amaurochalinus) sem anilha, um coleirinha (Sporophila caerulescens) sem anilha e um curió (Oryzoborus angolensis),  este anilhado (sem indícios de adulteração, porém, em nome de outra pessoa).

Na segunda casa foram localizados um pássaro preto (Gnorimospsaur chopi), um sabiá laranjeira (Turdus rufiventris)  e um sabiá ferreiros (Turdus subalaris), todos sem anilha.

Os  proprietários foram autuados com base no artigo 25, parágrafo terceiro da Resolução SMA  48/2014 combinado com o artigo 29 da lei Federal 9605/98 que trata de matar, perseguir, caçar, apanhar, coletar ou utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente, ou em desacordo com a obtida, e multados em R$ 3,5 mil. As aves foram apreendidas e serão destinados ao órgão oficial credenciado pelo Ibama.

Denúncias podem ser feitas pelo telefone (12)3886-2200.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui