Estudantes de Caraguá promovem ações sociais no Piauí

O grupo foi selecionado pelo projeto Rondon, do Ministério da Defesa

0
676
Os estudantes e professores partem para o Piauí na próxima quinta-feira (11) (Foto: Arquivo Pessoal)

Oito alunos e três professores do Centro Universitário Módulo, da cidade de Caraguatatuba, participarão da edição 2019 do Projeto Rondon, na cidade de São José do Piauí. O programa, coordenado pelo Ministério da Defesa, busca soluções que contribuam para o desenvolvimento sustentável de comunidades carentes, ampliem o bem-estar e a construção da cidadania da população em locais remotos do Brasil. A viagem será de 11 a 28 de julho.

- Publicidade -

Em entrevista exclusiva ao jornal Nova Imprensa, o professor Paulo Arruda explicou que a faculdade enviou um projeto para participar da seleção e foi escolhida juntamente com outras 14 instituições de ensino de todo o país. “Foi montada uma equipe de três professores: Edson Trajano (Administração e Economia), a professora Fabiana Matos da Silva (Engenharia) e eu, Paulo Arruda (jornalismo e publicidade e propaganda)”.

O projeto é dividido em dois grupos: A e B. No grupo A, as atividades são voltadas para educação, saúde e cultura. O Módulo integra o grupo B, que trata de comunicação, meio ambiente e desenvolvimento sustentável, além de administração pública, explica Arruda.

Mais de 20 oficinas serão desenvolvidas sobre o tema no Piauí. Entre elas, construção de fossa de bananeira, que irá ajudar no saneamento básico da região e, principalmente, das áreas rurais; oficina de plano diretor e turístico, por se tratar de uma região rica em pinturas rupestres; oficina de cooperativas, de planejamento financeiro e até de sabão ecológico.

Será gravado também um documentário sobre a manutenção da história da cidade, que fará parte da oficina de história oral.

Os alunos rondonistas foram selecionados por meio de um processo seletivo que durou dois meses. “Montamos uma equipe bastante multidisciplinar com alunos de jornalismo, engenharia, arquitetura, administração, ciências contábeis e direito. Os alunos estão muito empolgados e comprometidos com o projeto. Estamos nos organizando e cada um está dando o seu melhor”, conta o professor.

Paulo esteve em São José do Piauí em abril, na viagem precursora, quando foi realizado o levantamento das necessidades do município, e afirma que a expectativa da equipe é poder contribuir da melhor maneira com a população local e ajudar a melhorar a qualidade de vida e acelerar o desenvolvimento. “A região é linda, conhecida como Capadócia nordestina”, entusiasma-se.

Os selecionados foram: Daniel Alves Saraiva, 21 anos, estudante de direito; Raiana Rodrigues Bitencourt, 19 anos, e Daniela Santos Pereira de Andrade, 23 anos, estudantes de jornalismo; Amanda Medeiros de Oliveira, 22 anos, Mayara Eva de Souza Paiva, 22 anos, estudantes de arquitetura e urbanismo; Maurício Ferreira Ramos Filho, 21 anos, estudante de engenharia civil; Ingrid da Silva Pereira, 20 anos, estudante de ciências contábeis e Natasha Fernandes, 24 anos, estudante de administração de empresas.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui