Caraguá e São Sebastião recebem doações para vítimas das chuvas

Pelo menos 70 pessoas ficaram desabrigadas no Litoral Norte

0
718
Estragos foram registrados em vários pontos do Litoral Norte (Foto: Claudio Gomes/ Divulgação)

Os Fundos Sociais de Solidariedade de Caraguatatuba e São Sebastião estão arrecadando doações para as vítimas das chuvas que assolaram a região nos últimos dias. Pelo menos 70 pessoas ficaram desabrigadas no Litoral Norte e houve ainda registro de desabamento de casas em Ilhabela e São Sebastião, além de muitos alagamentos e queda de árvores e postes de energia.

- Publicidade -

São Sebastião continua a arrecadar doações como colchões, toalhas de banho, roupa de cama, e roupas em geral. Também estão sendo recebidos produtos de higiene pessoal, alimentos e produtos de limpeza. Com as chuvas constantes, muitos tiveram que sair de suas casas. Até o momento 10 adultos, sendo três gestantes, e quatro crianças estão desabrigadas e acolhidas no abrigo montado na Escola Municipal da Topolândia, na região central da cidade. Ao todo, 22 pessoas ficaram desalojadas.

Há ainda mais pessoas desalojadas, sendo dois adultos também encaminhados para o abrigo na Topolandia, além de mais três adultos e três crianças – que também estão desalojadas na Costa Sul do município, e foram encaminhadas para hospedagem em Maresias. Todos receberam atendimento psicológico e socioassistencial.

Já em Caraguatatuba, a solicitação é de material de higiene, alimentos, água potável, lençóis e toalhas de banho. Os materiais devem ser encaminhados ao Centro Integrado de Atenção à Pessoa com Deficiência e ao Idoso (Ciapi), que fica na Rua Jorge Burihan, 10, Jardim Jaqueira (atrás da Rodoviária), sempre das 9h às 18h.

Na cidade, um total de 37 pessoas (19 adultos, 15 crianças e 3 idosos), além de um cachorro de uma das famílias, estão  sendo acolhidas no Ciapi. As familias são dos bairros Perequê-Mirim, Barranco Alto, Morro do Algodão e Massaguaçu. Para atender estas famílias, estão no local uma equipe extra do Samu e assistentes sociais. As famílias também recebem alimentação completa, kits de higiene pessoal (com toalha, lençol, sabonete, entre outros itens fornecidos pelo Fundo Social de Solidariedade). Também estão sendo fornecidos medicamentos necessários e as crianças têm à disposição brinquedos e uma Auxiliar de Desenvolvimento Infantil (ADI).

A Defesa Civil permanece com o monitoramento das áreas de risco e pede para população que em caso ocorrência ligue para os números de atendimento nos telefones 153 e 199. O Corpo de Bombeiros pode ser acionado pelo 193.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui