Família quer saber causa da morte de aposentado na Enseada

Corpo foi encontrado próximo à casa e havia marcas de sangue em vários cômodos

0
253
Seu Laurival com filho e netos; busca de resposta (Foto: Álbum de família)

A família do aposentado Laurival Cardoso de Campos, 69 anos, morador do bairro Enseada, na Costa Norte de São Sebastião, quer desvendar o que teria provocado a sua morte na última quinta-feira (24)?

- Publicidade -

Seu corpo foi encontrado dentro da casa, localizada à Rua Manoel Eduardo de Moraes, em condições consideradas estranhas. O boletim de ocorrência foi registrado como morte suspeita. Mas o que intriga é que havia sangue espalhado por quase todos os cômodos.

“A gente quer saber o que realmente aconteceu. Se ele foi assassinado, queremos que o culpado seja localizado e preso”, disse o filho Fernando da Costa Campos, morador em Natividade da Serra.

Segundo ele, o pai morava sozinho, era alcoólatra, mas estaria controlado, se cuidando por conta da saúde. “Fui informado que ele teve quase todas as costelas do corpo e a clavícula quebradas e dois hematomas na cabeça e isso era crime”.

Suspeitas o filho não tem, mas conta que o pai confiava em todo mundo e contou que estava com um dinheiro para receber da venda de um veículo. “Já contei isso para a polícia e aguardamos a investigação”.

O delegado responsável pelo casso, Fábio Vergili, confirmou que em um primeiro momento foi registrado o BO como morte suspeita e pedido o laudo ao Instituto Médico Legal para confirmar as circunstâncias da morte.

“Se for confirmado que se trata de morte violenta, de que houve um crime contra a vida, é feito um boletim de ocorrência complementar e passa a ser catalogado como homicídio”.

Seu Laurival tinha dois filhos e quatro netos. O corpo do aposentado foi enterrado na sexta-feira (25) no Cemitério Municipal de São Sebastião.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui