Operação desmonta estacionamento em área pública invadida

Um estacionamento que funcionava em área pública invadida foi demontado em uma operação da Prefeitura de Caraguatatuba, na Rua João Manoel de Oliveira, bairro Tabatinga. O responsável pela infração foi identificado e notificado para encerrar as atividades. O descumprimento da determinação pode acarretar em multa no valor de R$ 3 mil e demais penalidades civis e penais.

Segundo dados da Secretaria de Urbanismo, ações como esta já resultaram na recuperação de outras 17 áreas públicas invadidas no município.

A Prefeitura orienta a população para que procure informações nos órgãos oficiais antes de comprar qualquer tipo de terreno ou imóvel. Segundo o secretário de Urbanismo, Wilber Cardozo, “há uma preocupação com invasões dessas áreas, coordenadas por pessoas de má-fé, que acabam enganando o cidadão de bem”.

Perturbação de sossego

Além do caso do estacionamento, entre sábado (6) e domingo (7), os fiscais, com apoio da Polícia Militar, também atenderam 20 denúncias de perturbação do sossego público em diferentes regiões da cidade. Houve ocorrências em residências e estabelecimentos comerciais,que resultaram em cinco autuações e uma multa no valor de R$ ,9 mil. O volume é considerado excessivo e sujeito à multa a partir de 45 decibéis, aferido por decibelímetro.

É possível denunciar situações de perturbação de sossego e outras irregularidades por meio da Central de Relacionamento 156 (telefone, site ou aplicativo).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.