Mudança de protocolo faz número de óbitos por Covid-19 cair em Caraguá

Sobre a volta às aulas, o prefeito afirmou que ainda não tem uma data definida para a retomada

2
460
Aguilar Júnior mostra imagens de tomografia e evolução do coronavírus
Aguilar Júnior mostra imagens de tomografia e evolução do coronavírus

Mudança de protocolo do Ministério da Saúde teria sido o responsável pelo número de óbitos por Covid-19 cair em Caraguatatuba, segundo o prefeito municipal Aguilar Júnior. Ele apresentou um gráfico durante entrevista coletiva, nesta segunda-feira (3), com queda no números de óbitos da pandemia, de 31 no mês de junho para 16 em julho.

- Publicidade -
Número de óbitos diminuiu graças a mudança de protocolo, afirma prefeito
Número de óbitos diminuiu graças a mudança de protocolo, afirma prefeito

O prefeito explicou que, anteriormente, o procedimento era aguardar em casa até sentir falta de ar ou febre para então recorrer às Unidades de Pronto Atendimento (UPAs). “Quando essas pessoas chegavam, já estavam em estado grave, com saúde muito comprometida e ficava mais difícil reverter”.

Então, com a mudança de protocolo, com incentivo de comparecer ao pronto atendimento ao menor sinal da doença, o tratamento precoce da Covid-19 tornou-se mais eficaz. Outro fator determinante, segundo Aguilar Júnior, foi a adoção da tomografia como procedimento. O exame é capaz de detectar a ação do coronavírus nos pulmões de forma precoce.

Volta às aulas e Covid-19

O prefeito esclareceu que foi criado o Comitê de Elaboração do Plano de Retomada das Aulas Presenciais, que conta com representantes dos professores, educadores, pais ou responsáveis e terá a primeira reunião para a criação de um protocolo sanitário específico.

“Temos que seguir as diretrizes do governo estadual. Mas estamos tomando as providências para que o calendário seja retomado com tranquilidade e segurança”, afirmou.

Ele afirmou que ainda não tem uma data definida da retomada das aulas presenciais.

Materiais e Equipamentos

Aguilar Junior ressaltou os investimentos realizados no sistema municipal de saúde, nesse período de pandemia, totalizando até o momento, R$ 2.113.458,78.

Foram adquiridos equipamentos de proteção individual como máscaras, aventais descartáveis, álcool em gel, 100 camas hospitalares monitores multiparamédicos, locação de monitores cardíacos e ventiladores pulmonares no valor de R$ 1.244.889,00 (compras por dispensa de licitação).

Por meio de processo licitatório, a Prefeitura adquiriu luvas, kits de inalação, aventais descartáveis, tendas, Teste Rápido Covid-19 e medicamentos, no valor de R$ 243.593,60.

Também foi efetuada compra direta, no valor de R$ 163.806,60, de 275 unidades de Teste Rápido Covid-19, hastes flexíveis e tubos tipo flacon, medicamentos e manutenção de respiradores.

Há compras em negociação, no valor de R$ 461.169,58, para 11 mil unidades de testes rápidos, medicamentos, hastes flexíveis e tubos tipo flacon, monitores multiparamédicos.

“Estivemos na Câmara Municipal por duas vezes para demonstrar os investimentos e gastos aos membros do Legislativo. Acho importante que os vereadores acompanhem nossas ações”, afirmou o prefeito.

2 COMENTÁRIOS

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui