Ilhabela libera abertura de comércios com regras de proteção à saúde

Proprietários devem seguir regras para conter a pandemia mundial do coronavírus

1
318
Decreto entra hoje em vigor no arquipélago (Foto: Divugação)

Em meio a pandemia mundial do novo coronavírus (Covid-19), a Prefeitura de Ilhabela liberou a abertura dos comércios na cidade. A partir desta quinta-feira (23), as atividades já podem voltar a funcionar com restrições e seguindo regras de proteção à saúde. A cidade tem três casos confirmados da doença e outros dois com quadro suspeito, aguardando resultado de exames. As síndromes gripais registradas chegam a 284 e 2020.

- Publicidade -

O decreto 8.064 prevê diversas normas para reabertura dos estabelecimentos, como distância entre os clientes em locais de serviços considerados essenciais e agendamento prévio para outros segmentos, como cabeleireiros e centros de estética. Restaurantes também podem abrir para entrega presencial ou por delivery, sem serviço em mesas.

Fica determinado também que os proprietários devem fornecer equipamentos de segurança para todos os funcionários, como máscaras, luvas e álcool. Os clientes que entrarem em estabelecientos abertos devem usar máscaras e as filas nas calçadas também devem ser controladas para evitar aglomerações.

O documento assinado pela prefeita Maria das Graças Ferreira, pode ser consultado na íntegra pelo link: https://bit.ly/3eDNRfE.

Balsa

A restrição de entrada de visitantes e turistas pelo sistema de travessia de balsas continua em vigor até o dia 10 de maio. Para atravessar o canal, é necessário demonstrar um vínculo que comprove a moradia na cidade (comprovantes de residência não são válidos).

Balanço

O Estado de São Paulo registrou hoje 1.345 mortes confirmadas pelo coronavírus em 114 municípios. O total de casos da doença chega a 16.740, em 256 cidades. A taxa de ocupação dos leitos em UTI está em 55,3%.

Segundo o governo estadual, a doença avança fora da capital, onde o número de óbitos cresceu 21 vezes no interior, litoral e outras cidades da Grande São Paulo. Balanço desta quinta aponta 433 mortes nessas regiões. No dia 1º de abril, eram apenas 20 mortes fora da cidade de São Paulo.

1 COMENTÁRIO

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui