Trecho de serra da Tamoios é liberado após 38 horas

Cidades do Litoral Norte continuam em estado de alerta

2
214
Tamoios é reaberta ao tráfego na manhã de hoje (Foto: Divulgação)

A Concessionária Tamoios informa que o trecho de Serra da Rodovia dos Tamoios foi liberado ao tráfego às 6h40 desta quarta-feira (5). O trecho estava interditado desde a tarde de segunda-feira (3), quando o sistema de Estações Meteorológicas da empresa alertou riscos, devido ao alto volume de chuvas. Após a interdição, houve uma pequena queda de barreira e uma queda de árvore.

- Publicidade -

As equipes da Concessionária permanecem acompanhando os equipamentos e condições climáticas da região. Em caso de chuvas, o trecho poderá ser interditado novamente.

Situação

As fortes chuvas que caem no Litoral Norte desde segunda-feira (3) provocaram alagamentos, quedas de barreiras e deixaram famílias desalojadas. A Defesa Civil mantém o monitoramento das áreas de risco. O órgão está em estado de alerta na região.

Em São Sebastião diversas equipes estão nas ruas da cidade para as ações de limpeza e rescaldo depois das fortes chuvas. Algumas famílias tiveram que sair de suas casas. Do total, foram nove desalojadas e outras duas desabrigadas, destas, três ficaram em hotel, custeado pelo prefeitura, enquanto outras, preferiram ir para casa de parentes e amigos. Algumas pessoas já estão voltando para as suas casas. Foram registrados pontos de alagamento na região central, Costa Norte e Costa Sul.

Equipes da Prefeitura de Caraguatatuba de diversas secretarias seguem trabalhando na limpeza e desobstrução de vias em diversos bairros. Equipes monitoram a região da Tabatinga, que registrou os maiores acumulados de chuva. O rio Tabatinga, que fica na divisa dos municípios de Caraguatatuba e Ubatuba ainda está cheio, o que dificulta o escoamento das águas.

Previsão

A Defesa Civil Estadual emitiu um alerta sobre a previsão de mais chuva até sexta-feira (7), devido a uma combinação de sistemas meteorológicos. O órgão pede atenção especial para Vale do Paraíba e Litoral Norte, que são regiões mais vulneráveis.

No alerta, também consta que precipitações podem trazer rajadas fortes de ventos, descargas elétricas e granizo em pontos isolados, o que acarreta transtornos, como deslizamento de terra, alagamentos, enxurradas e tempestades com raio.

Cuidados

A Defesa Civil recomenda a população que não ultrapasse ruas alagadas, evite o contato com água contaminada e se notar alteração na topografia do local saia de casa e acione a Defesa Civil pelo telefone 199. É necessário redobrar o cuidado nas áreas de encosta e se atentar aos sinais de movimentação de massa, tais como, trincas em solo e residência.

2 COMENTÁRIOS

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui