Doméstica é agredida pelo filho em Caraguatatuba

O rapaz foi preso em flagrante, com direito a fiança

0
842
Caso foi registrado na Delegacia Central (Foto: NI)

A empregada doméstica C.L.O., 54 anos, foi agredida a socos pelo filho,  M.O.P., 20 anos, que acabou preso na noite de sexta-feira (9/08).

- Publicidade -

A vítima, que mora na Avenida Prestes Maia, no Centro de Caraguatatuba, se refugiou na casa de uma vizinha após a agressão e chamou a polícia, informando que o jovem havia lhe dado um soco, além de ter cuspido em seu rosto.

O suspeito ainda estava na casa e a mãe autorizou a entrada dos policiais. Ao ser perguntado sobre a agressão, afirmou que não tinha feito nada. Os PMs informaram que ele deveria acompanhá-los até a delegacia para prestar esclarecimento, mas ele se negou, sendo necessário a condução coercitiva (algemado) até o Plantão Policial.

Na Delegacia, a vítima foi submetida a exame pericial por médico legista, que atestou a lesão corporal.

O conduzido, ouvido formalmente, confessou espontaneamente que havia agredido sua mãe durante uma briga em casa.

Diante dos fatos, após ouvir os presentes, foi decretada a prisão em flagrante delito  no art. 129, § 9º do Código Penal: ofender a integridade corporal ou a saúde de outrem; se a lesão for praticada contra ascendente, descendente, irmão, cônjuge ou companheiro, ou com quem conviva ou tenha convivido, ou, ainda, prevalecendo-se o agente das relações domésticas, de coabitação ou de hospitalidade, a pena é detenção de três meses a três anos.

Por não ter antecedentes, foi arbitrada fiança no valor de R$ 2 mil, que não foi paga, permanecendo o jovem à disposição da Justiça.

 

 

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui