Casal com duas crianças é carregado por correnteza no rio Puruba

"Ele evitou uma tragédia", afirmou capitão do Gbmar sobre o resgate

0
8762
correnteza

Um casal com duas crianças foi carregado pela correnteza na desembocadura do rio Puruba, em Ubatuba. A família de turistas foi resgatada por um guarda vidas temporário (GVT) que estava sozinho no local.

- Publicidade -

Pedro Bento, de 28 anos, conseguiu tirar o pai e deixá-lo em local seguro com apoio de uma bola e seguiu para resgatar a mãe e os filhos. Elas foram conduzidas para outra margem do rio e colocadas nas pedras, onde aguardaram o socorro do helicóptero Águia e da lancha do Grupamento de Bombeiros Marítimos (Gbmar).

O capitão do Gbmar, João Batista Rapaci contou que o jovem que fez o salvamento é filho de um guarda-vidas de Ubatuba. “Esse GVT evitou uma tragédia. Além da rapidez no socorro, ainda seguiu os protocolos de utilização de equipamentos de flutuação como bola, boia, caixa de isopor, pranchinha. Que orgulho para esse pai”, comemorou.

O comandante orienta que os visitantes tenham cuidado com os rios em dias chuvosos, com o aumento da correnteza e da força das águas. “Um exemplo é o Rio Ubatumirim, em Ubatuba. É um rio calmo, mas com chuva tem seu volume e fluxo aumentado, tornando-se perigoso. Costumamos até deixar um guarda-vidas lá nessas ocasiões. As cachoeiras se tornam arriscadas pelo mesmo motivo: a força das águas pode arrastar as pessoas”, conclui.

Caraguatatuba

Outro resgate foi registrado em Caraguatatuba, nesta segunda-feira (4). Um turista, do sexo masculino, foi salvo de afogamento na Lagoa Azul, na praia do Capricórnio. Segundo moradores locais, a vítima também foi retirada da água por um guarda-vidas temporário (GVT). O jovem recebeu os primeiros socorros do Corpo de Bombeiros e passa bem.

afogamento
Resgate em Caraguatatuba (Foto: Jules Verne)

A lagoa, que é a junção do desague dos rios Capricórnio e Jetuba com o mar, está cheia e com fortes correntezas devido as fortes chuvas dos últimos dias e por esse motivo, “mais perigosa para quem não a conhece”, dizem os moradores.

Perigo e correntezas

Não é a primeira vez que um turista é levado pela força das águas da Lagoa Azul. Em agosto de 2020, um turista gaúcho de 36 anos que acampava nas pedras, foi surpreendido e carregado pela força das águas. Ele foi resgatado por Bombeiros.

Uma mulher de 42 anos que visitava Caraguatatuba, foi arrastada por uma enxurrada de água, após rompimento da Lagoa Azul. A vítima foi jogada para a costeira, onde foi resgatada pela equipe do Grupamento de Bombeiros Marítimo (GBMar), após aproximadamente 10 minutos.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui