Médicos de Ilhabela alertam para o crescimento de casos de Covid-19

O aumento foi registrado nas últimas duas semanas e gerou maior ocupação de leitos no hospital municipal Mário Covas

0
285
crescimento
Crescimento da circulação do coronavírus se deu nas últimas duas semanas (Imagem: Divulgação)

Um grupo de médicos de Ilhabela fez um alerta público sobre o crescimento de casos confirmados e suspeitos de Covid-19 no arquipélago. A reunião composta pelos médicos Luiz Fernando Minamihara, Carlos Makinavicius e Leandro Bernardo aconteceu em uma live na página da prefeitura no Facebook.

- Publicidade -

O aumento foi registrado nas últimas duas semanas e impactou, também, em maior ocupação de leitos no hospital municipal Mário Covas, o único da cidade. Nesta quinta-feira (19), existem sete pacientes internados no setor respiratório com contaminação pelo coronavírus, sendo um deles em Unidade de Terapita Intensiva (UTI). Ao todo, Ilhabela registra 1.977 casos confirmados da doença, além de 13 mortes, conforme o boletim de saúde.

Para o médico infectologista, Dr. Leandro Bernardo, a principal causa do novo crescimento da doença foi o relaxamento das medidas de isolamento. “Existe a hipótese de mutação do vírus, mas o mais provável foi o retorno do contágio devido às aglomerações. Muita gente achou que a pandemia tinha acabado e tudo voltou ao normal como se a população tivesse sido vacinada. Com certeza esse é um fator que contribuiu, mas é modificável e só depende do nosso comportamento”, afirmou ele.

Questionados sobre o crescimento relacionado às eleições e comícios realizados nas ruas, os médicos afirmaram que a proliferação se deu a uma série de atitudes. “O churrasco da família e as aglomerações de pessoas sem máscaras nas ruas também impacta diretamente na proliferação do vírus. Quem não passa na rua e vê essas movimentações?”, disse o Dr. Carlos Makinavicius, diretor técnico do hospital municipal.

Eles explicaram ainda que as lives e a divulgação dos números não podiam ser feitas por conta da lei eleitoral, mas que o boletim seguia sendo atualizado no site. Agora, as campanhas devem continuar semanalmente para atingir um maior número de pessoas em busca de frear a contaminação.

A equipe técnica também informou que uma nova ala de internação estará disponível e contará com 12 leitos, sendo nove adultos e três pediátricos. A ala é exclusiva para pacientes que não estão infectados com a Covid-19, e será aberta no prédio da Casa dos
Conselhos, localizada próximo ao hospital.

“Apesar dos esforços médicos, precisamos contar com a colaboração da população neste momento de crescimento da doença. Vamos repetir o que já dizemos há tempos: continuem usando as máscaras de proteção, álcool para higienização das mãos e mantenham o distanciamento social”, pediu a equipe.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui